17/02/2012 - Medo de mortes de pedestres faz moradores bloquearem BR em MT

 

Os moradores de Rosário Oeste interditaram mais uma vez, na manhã desta quinta-feira, 16, a rodovia BR-163, saída para Nobres, no médio Norte do Estado. Essa é a segunda vez que eles fazem essa manifestação;  a primeira foi realizada no dia 30 de setembro de 2011. A reivindicação é para construção de quebra-molas na BR com o intuito de diminuir a velocidade das carretas que por alí trafegam em alta velocidade e também a finalização das obras iniciadas pelo DNIT, que estão praticamente paradas na região.

Segundo os manifestantes, o perigo de acidentes com pedestres, entre eles crianças e idosos, que rotineiramente são obrigadas a trafegarem no local, foi um dos principais motivos para a interdição.  O líder do movimento de interdição na BR, Manoel Santana, conhecido como “Manezinho” foi quem definiu as  estratégias para interdição da BR.

Ainda de acordo com os moradores, um colégio localizado as margens da BR coloca os alunos em riscos, que precisam atravessar a rodovia para chegar até a escola, vários acidentes já aconteceram no local, inclusive com vítima fatal.

Outra exigência dos manifestantes é a obra realizada no local pelo DNIT, que encontra-se paralisada.

O manifesto da rodovia começou por volta das 7:30h da manhã, nem a chuva impediu a realização da interdição que causou um congestionamento de aproximadamente 10 km na BR.

Representantes do DNIT estiveram no local e prometeram colocar os quebra-molas. E a pista só foi liberada apartir às 10:00h depois do início da construção dos quebra-molas pela empresa responsável pela duplicação da rodovia. Estiveram também no local  a Polícia Federal e Polícia Militar e representantes do DNIT, além de políticos.

 

Redação 24 Horas News e MT Destaque

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário