18/03/2012 - Quadrilha faz garis de reféns, explode caixa eletrônico, dispara contra a PM e foge com dinheiro e carro roubado

As polícias civil, Militar (PM) e Rodoviária Federal (PRF) estão fechando o cerco contra uma quadrilha responsável por mais um assalto a banco do tipo “Novo Cangaço” em Mato Grosso, desta vez ocorrido na madrugada deste sábado (17) na cidade de Campo Verde (a 138 km de Cuiabá).

O assalto ocorreu na agência do Banco do Brasil (BB) localizada na avenida Brasil, a principal de Campo Verde, por volta das 03h40. Neste momento, garis da Prefeitura se encontravam trabalhando no canteiro central e foram surpreendidos pela chegada dos homens em dois veículos – um Gol vermelho e uma pick-up Strada. 

A pick-up havia acabado de ser roubada de um sitiante, o qual foi levado como refém pela quadrilha. Assim que desceram, os bandidos também renderam os garis e fizeram deles um escudo humano. Enquanto alguns mantinham os garis como proteção, outros estouravam – provavelmente com dinamites – os caixas eletrônicos da agência bancária.

Após pegar o dinheiro extraído das máquinas, a quadrilha também atirou contra a cabine do Centro de Operações da PM, localizada quase em frente à agência, na mesma avenida. O capitão Hender, da PM em Campo Verde, explicou que, embora os policiais pudessem avistar os bandidos neste momento, era impossível atirar devido ao risco de ferir algum dos reféns. 

No momento da fuga, a quadrilha ainda tentou roubar um outro veículo, uma caminhonete S 10 que passava pela área. Eles não conseguiram parar a caminhonete, mesmo atirando contra um dos pneus. 

Na fuga, a quadrilha levou os reféns na pick-up e também subiu a bordo do Gol para seguir na direção do município de Primavera do Leste. No caminho, os reféns foram liberados sem ferimentos. 

Na estrada, de acordo com o relato da polícia, a pick-up acabou danificando um dos pneus ao passar por um buraco depois de aproximadamente 50 km. Os bandidos pararam o veículo atravessado no meio da pista e renderam o motorista de um Honda Civic que passava. A quadrilha se apoderou do veículo para seguir fugindo e abandonou o motorista ao lado da pick-up que havia sido roubada. 

Ainda não há pistas sobre o paradeiro dos bandidos, mas a polícia iniciou uma operação para fechar o cerco na região de mata fechada. Duas equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) estão atuando. Uma das equipes foi acionada para desativar dois artefatos que acabaram não explodindo dentro da agência bancária em Campo Verde. 

A Polícia Civil também integra o cerco e a PRF está intensificando as barreiras na região. Ainda não se sabe a quantidade de dinheiro com a qual a quadrilha conseguiu fugir.

 

Da Redação - Renê Dióz

Comentários

Data: 18/03/2012

De: eu

Assunto: preparados

não e facil pegar essa turma sabe o que faz e diferente dos pescado de são felix que emtregou suas redesinhas de mãos beijas

Novo comentário