17/03/2014 - Homem morto na avenida Fernando Corrêa foi vítima de um latrocínio; polícia identifca dupla

O delegado Geraldo Gezoni Filho, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), elucidou um crime registrado em uma das mais movimentadas vias de Cuiabá, a avenida Fernando Corrêa da Costa. O pedreiro Marcos Santos Silva, de 22 anos foi atingido a tiros quando esperava pelo transporte coletivo na data de 5 de fevereiro de 2014. Dois homens foram identificados pelo crime. 

As investigações apontam que Marcos possa ter sido vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte). Em depoimento, um dos suspeitos de cometer o crime declarou à polícia que estava interessado em uma arma de fogo que supostamente estaria em posse da vítima. 

“Um dos homens ouvido declarou que um deles anunciou o assalto e o segundo passou uma rasteira na vítima. A pessoa que deu a rasteira teria, então, subtraído a arma de fogo, que segundo ele, estaria na cintura da vítima”. O delegado informou ainda que irá realizar o indiciamento da dupla.

Marcos foi atacado pouco depois de deixar o serviço na área de construção civil. Na data do crime, familiares da vítima alegaram que o jovem era dependente de maconha e que não possuía nenhuma passagem criminal. 

 

Patrícia Neves

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário