17/03/2016 - Aprosoja realiza levantamento de safra nas regiões do Araguaia e médio Norte

17/03/2016 - Aprosoja realiza levantamento de safra nas regiões do Araguaia e médio Norte

Os supervisores de projetos das regiões Leste e Médio Norte da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) realizam nesta semana o último levantamento da safra de soja 2015/16. “Esta é a quarta rodada do levantamento para entendermos melhor como estão as lavouras no estado e mensurar até que ponto as intempéries climáticas afetarão a produtividade da safra de soja em Mato Grosso”, explica Cid Sanches, gerente de Planejamento da Aprosoja.

O levantamento foi uma solicitação da comissão de Defesa Agrícola da associação. “Neste período de inconstâncias climáticas e incidência de pragas, temos relatos bem diferentes de produtividades em diversas regiões do Estado. Por isso, solicitamos que as equipes fossem a campo para tentar dar um panorama real do que está ocorrendo”, diz Alexandre Schenkel, diretor administrativo e vice-coordenador da Comissão de Defesa Agrícola.

“Focamos nas regiões com maiores índices de áreas a serem colhidas, o que representam as lavouras semeadas por último, visto que estamos recebendo alguns relatos de produtividades abaixo do esperado, e com isso colocamos nossa equipe a campo para coletar informações que nos subsidiarão”, explica Nery Ribas, diretor técnico da entidade e que está coordenando os levantamentos. Os supervisores Letícia Laabs da Rosa, Nathally Baptistão e Rafael Santos percorrerão as regiões dos municípios de Canarana, Água Boa, Querência, Gaúcha do Norte, Porto Alegre do Norte, Diamantino, Nova Mutum e Santa Rita do Trivelato para saber como estão as condições das lavouras tardias.

“Cada vez mais estamos desenvolvendo ações técnicas como a de verificar as condições reais das lavouras, por entendermos ser muito importante para atender os anseios dos nossos associados”, diz Nery Ribas.

Neste levantamento, os supervisores medem a lavoura, verificam o estádio vegetativo, além da qualidade geral da área e a expectativa de produtividade. Outros dados são anotados pelos técnicos, como cobertura de solo, espaçamento, incidência de pragas, doenças e plantas daninhas.

O levantamento -  A entidade desenvolveu metodologia para análise das condições das lavouras de soja e contou com a expertise do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), que desenvolveu um aplicativo para a coleta de informações e está dando o suporte nas análises dos dados. Todas as informações coletadas até o momento foram discutidas internamente, tanto na Comissão de Defesa Agrícola como na Diretoria da Aprosoja.

 

 

Eldorado.fm
com assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário