17/07/2012 - Daltinho declara R$ 6 mi e concorre como mais ‘rico’ em Barra do Garças

 

O deputado estadual Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), declarou à Justiça Eleitoral possuir um patrimônio de R$ 6.914.532,58, se tornando o candidato mais ‘rico’ a concorrer a prefeitura de Barra do Garças nas eleições de 7 de outubro. O peemedebista só perde para o suplente de deputado Eduardo Moura (PPS), porém, ele está na condição de candidato a vice-prefeito. Moura possui R$ 7.911.302,71 em bens.
 
Com o segundo maior patrimônio está o empresário Roberto Farias (PSD), com R$ 3.460.225,37, seguido do empresário Ubaldino Rezende (PDT), com R$ 3.010.000,00. A vereadora Andréia Santos (PR) disse ter R$ 152.000,00 em bens, e Fernando Lira, candidato do PTC, revelou à Justiça Eleitoral não ter bens em seu nome.
 
A declaração de bens dos candidatos consta nos pedidos de registros feitos a Justiça Eleitoral e estão à disposição do eleitor no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no link divulgacand2012. Na mesma página constam os bens declarados pelos candidatos, como casas, apartamentos, chácaras, fazendas, quotas de empresas, depósitos em conta corrente e saldo em poupança.
 
Candidatos à vice
 
O TSE disponibilizou também a relação dos bens declarados pelos candidatos a vice-prefeito dos cinco concorrentes à prefeitura de Barra do Garças.
 
Além de Eduardo Moura, que declarou R$ 7.911.302,71 em bens, declararam também o advogado Sandro Saggin (PSB), candidato na chapa do deputado Adalto de Freitas, com patrimônio avaliado em R$ 324.522,17; o médico José Maria Alves Vilar (PP), companheiro de chapa da vereadora Andréia Santos, que afirmou ter R$ 35.316,87 em bens; o advogado Mauro Piauí (PT), candidato a vice do empresário Roberto Farias com R$ 145.000,00 e o odontólogo Jamal Nasser (PTC), candidato a vice de Fernando Lira, com R$ 828.548,00.
 
De Barra do Garças, Francis Amorim/ Olhar Direto

Comentários

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário