17/07/2014 - Atenção produtores, fiquem atentos ao período proibitivo de queimadas: de 15 de Julho a 15 de Setembro

Nesse período de estiagem agravado pela baixa umidade relativa do ar, há um aumento da incidência de focos de calor, favorecendo a ocorrência de queimadas e incêndios florestais.

Como Princípio da Precaução, o Estado de Mato Grosso determina através do Decreto n. 1856-13 o período proibitivo de fogo para limpeza e manejo de áreas, compreendendo o período entre 15 de julho a 15 de setembro de 2013.

Uma das principais medidas que devem ser adotadas para evitar incêndios é a construção e manutenção dos aceiros (faixa livre de vegetação, onde o solo mineral é exposto), principalmente em torno das reservas legais, áreas de pastagem, em torno dos talhões e acompanhando as estradas. 

Veja no vídeo abaixo como construir aceiros para proteger a sua propriedade contra incêndios e também para prevenir sua colheita de milho contra o fogo.

Punição - Quem for flagrado ateando fogo no período de proibição será multado. O valor varia de acordo com a área atingida, que pode ser de R$ 1 mil por hectare nas áreas abertas a R$ 1,5 mil por hectare nas áreas de floresta. Além disso, o infrator pode ser detido e responder por crime ambiental, com pena prevista para até quatro anos.

 

Escrito por assessoria Aprosoja

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário