17/08/2011 - 08h:10 Bombeiros demoram uma hora para apagar incêndio

Deu trabalho. O Corpo de Bombeiros precisou de mais de 1 hora para apagar o incêndio que atingiu carros estacionados em uma garagem da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), próxima à Penitenciaria do Carumbé. Cerca de 10 automóveis foram atingidos, de acordo com a corporação.

O Coronel Alessandro Borges, que comandou o combate ao fogo informou há pouco, em entrevista por telefone, instantes após o termino da operação, que foram utilizados cinco carros-pipa, três viaturas e 30 homens para controlar o incêndio.

De acordo com o oficial, um terreno ao lado da Politec foi a origem do incêndio. “A Polícia Ambiental já identificou e intimou os donos do terreno a prestarem esclarecimentos”, adiantou.

“Os carros que foram incendiados foram uns muito velhos, alguns até sem roda. O objetivo da operação era evitar que o fogo se espalhasse pelos prédios vizinhos e também para a sede da Politec”, afirmou.

Incêndio semelhante ocorreu no estacionamento da Centro Integrado de Segurança e Cidadania do Parque do Lago em Várzea Grande (CISC). Cerca de 30 veículos entre carros e motos foram atingidos pelas chamas na ocasião.

“As pessoas vão limpar os terrenos com fogo e acham que não terão problemas para controlar. Mas como esse tempo seco e os fortes ventos, as chamas logo se espalham”, conta o coronel. Ele faz um apelo para que a população pare de recorrer ao fogo quando quiser limpar as áreas. “Além de tudo prejudica a nossa saúde”, argumenta.

 

Da Redação - Lucas Bólico

Foto: Priscilla Vilela

Mais Fotos

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.