17/08/2015 - Lideranças do Pros de Barra ainda não decidiram seguir Valternir ao PR

As principais lideranças do Pros em Barra do Garças podem não acompanhar o deputado federal Valtenir Pereira,  caso deixe a sigla para se filiar ao  PR. A questão está sendo avaliada com cautela e ainda não há uma posição oficial o caminho a ser trilhado. O fato do PR no município ser comandado pelo ex-prefeito Wanderlei Farias, considerado um político fechado, pode atrapalhar a pretensão do parlamentar.

 

O suplente de deputado federal Sandro Saggin e o vereador Paulo César Raye, principais líderes do partido em Barra, pretendem  reunir os filiados nos próximos dias para debater a possível saída do Pros. Entretanto, antecipam que será preciso uma ampla discussão justamente porque o partido possui um projeto de candidatura própria em 2016 e se o PR estaria disposto a mantê-lo.

 

 

 

“O PR possui um grupo político em Barra do Garças, hoje, liderado pelo ex-prefeito Wanderlei Farias. É um caso peculiar e teríamos que dialogar com o senador Wellington Fagundes e com o próprio deputado Valtenir, como ficaria essa situação, já que temos esse projeto de lançarmos candidatura a prefeito e vamos defendê-lo”, disse Sandro Saggin, que não descarta a filiação em outra agremiação.

 

 

 

Saggin informou ter recebido convites de quatro agremiações que estariam interessados no projeto defendido pelo Pros, o PDT, PT, DEM e PPS. “São partidos estruturados e que abriram as portas para o nosso grupo, mas tudo tem que ser analisados e temos até o final de setembro para decidirmos se permanecemos ou sairemos, até porque, isso envolve também, para quem exerce mandatos, a aprovação da janela de transferência pelo Congresso Nacional. Caso não seja aprovada, tudo fica na estaca zero”, diz o suplente.

 

 

 

Para o vereador Paulo Raye, presidente da executiva municipal, o momento é de calma para que uma decisão precipitada não seja tomada, o que poderia inviabilizar por completo o projeto que o Pros defende hoje. 

 

 

 

 
De Barra do Garças

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário