17/09/2015 - Confira nomes citados nas investigações pela Polícia

 A Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio) também foi alvo da Operação Sodoma deflagrada pela Delegacia Fazendária (Defaz) nesta terça-feira (15) e cumpriu 11 mandados de busca e apreensão decretados pela juíza Selma Rosane Santos Arruda, da 7ª Vara Criminal. As ordens judiciais também foram cumpridas na casa do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), local onde foram apreendidos 5 CDs e 1 pendrive. (Veja abaixo lista dos envolvidos na operação)

As residências dos ex-secretários de Estado, Pedro Nadaf (PR), da Casa Civil e Marcel Souza de Cursi, da Sefaz, também foram alvos dos mandados de busca e apreensão, bem como a NBC Assessoria Consultoria e Planejamento e Invest, e ainda as residências de três parentes dos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção que envolvia cobrança e pagamento de propina para conceder incentivos fiscais (Prodeic). Nos imóveis vasculhados pelos agentes policiais, os parentes que lá se encontravam foram conduzidos coercitivamente até a Defaz para prestarem declarações.

Dos 3 mandados de prisão decretados, Pedro Nadaf foi o primeiro a ser preso e depois Marcel de Cursi. Por enquanto, somente o ex-governador Silval Barbosa não foi encontrado e é considerado foragido da Justiça.

Foram cumpridas duas medidas cautelares restritivas, conhecidas como monitoramento eletrônico, em desfavor de Karla Cecília de Oliveira Cintra e Silvio Cezar Corrêa Araújo que é ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa.

Karla era secretária no gabinete de Nadaf e também ocupou diversos cargos no sistema Fecomércio e Senac. Um cheque nominal a ela está entre os documentos apreendidos.

Silvio ganhou liberdade através de uma liminar dada pelo ministro ministro Reynaldo Soares da Fonseca, da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas a juíza Selma Rosane ao expedir o alvará de soltura determinou que ele usasse tornozeleira eletrônica por existirem indícios de que ele pudesse fugir de Cuiabá.Silvio foi preso recentemente na Operação Ouro de Tolo deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) no dia 20 de agosto contra um esquema que desviou R$ 8 milhões da Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social (Setas) na gestão de Roseli Barbosa, esposa de Silval que também foi presa.

As ações da Operação Sodoma estão sendo chefiadas pelos delegados da Delegacia de Combate à Corrupção, com apoio do efetivo e logística das demais unidades especializadas das polícias Civil e Militar, além de toda a estrutura da Secretaria de Segurança Pública.

O nome da operação é uma referência à cidade de Sodoma, que foi destruída em razão dos elevados níveis de corrupção praticada pelos seus moradores.

Confira lista dos envolvidos na Operação Sodoma

Delatores
João Batista Rosa – sócio do Grupo Tractor Parts
Frederico Müller – empresário de factoring

Presos
Pedro Nadaf – ex-secretário da Casa Civil
Marcel de Souza Cursi – ex-secretário de Fazenda

Foragido
Silval da Cunha Barbosa – ex-governador de Mato Grosso

Monitorados com tornozeleira
Sílvio Cézar Correa Araújo – ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa 
Karla Cecília de Oliveira Cintra – ex-secretária de Pedro Nadaf

Viajando ao Canadá
Francisco Gomes de Andrade Lima Filho – ex-procurador do Estado

Depoimentos já colhidos e em andamento
Cibele Aguiar – ex-esposa de Pedro Nadaf
Pedro Jamil Nadaf – filho de Pedro Nadaf
Geiziane Antelo – esposa de Pedro Nadaf
Marcos Flávio de Oliveira – motorista de Pedro Nadaf
Yasmin Nadaf – irmã de Pedro Nadaf
Florindo José Gonçalves – diretor jurídico da City Lar
Maron Emile Abi Abib – diretor executivo do Sesc do Rio de Janeiro
Narjara de Barros – Ex-secretária executiva da Jucemat
Marcos Nadaf – primo de Pedro Nadaf

Locais de busca e apreensão
Sede da Fecomércio-MT
NBC Assessoria, Consultoria e Planejamento Invest
Apartamento do ex-procurador, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, no Rio de Janeiro
Residências de Silval Barbosa, Pedro Nadaf e Marcel Cursi

 

 

Welington Sabino, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário