17/10/2014 - MS: Três são presos em operação contra milícia armada em aldeia

Na manhã desta quinta-feira (16), a Polícia Federal deflagrou a Operação Parajás, na qual foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão na aldeia indígena Rancho do Jacaré, em Laguna Carapã (MS). De acordo com a PF, havia uma atuante milícia armada que praticava uma série de crimes na comunidade, como tentativa de homicídio, lesões corporais, ameaça e constrangimento ilegal. Ainda segundo a Polícia Federal, a milícia também proibia que crianças e adolescentes frequentassem as escolas, impedia a realização de cultos, além de causar obstáculos para que servidores públicos prestassem serviços dentro do local.

A operação contou com 59 policiais e integrantes do Grupo de Pronta Intervenção da PF no Estado do Mato Grosso do Sul. Foram apreendidas quatro espingardas calibre .32, um cano de uma espingarda, esferas, espoletas e munições. Três indígenas foram presos em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Na casa de um cidadão paraguaio que também morava na comunidade indígena, os policiais encontraram documentos pessoais e cartão de saque de benefício previdenciário em nome de um indígena brasileiro. O paraguaio confessou que recebia indevidamente os benefícios.

 

 

Escrito por Correio do Estado

Comentários

Data: 17/10/2014

De: Brito

Assunto: Milicias Armadas

Se esses vagagabundos encontrar facilidades e a policia federal não acabar lógo com esse maus elementos a comunidade indigena terá sérios problemas

Novo comentário