17/11/2012 - Ex-PM condenado a mais de 80 anos é transferido para presídio federal

O ex-policial militar Célio Alves de Souza e Gélio Nelsi da Silva foram transferidos da Penitenciária Central do Estado de Mato Grosso (PCE) para o Presídio Federal de Campo Grande (MS). Eles seguiram de voo comercial, na noite de quinta-feira (15), escoltados por agentes penitenciários federais. 

Célio é condenado a mais de 80 anos pela prática de vários homicídios. O ex-policial ainda é acusado de ter participado do assassinato do então proprietário do jornal Folha do Estado, Sávio Brandão, em 2002. 

O condenado Gélio Nelsi da Silva reúne longa lista de condenaões, entre elas: sequestro e assalto a bancos cometidos em diversos Estados, além de Mato Grosso, conforme informações da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Procedimento de transferência 

A operação de deslocamento da PCE até o aeroporto foi amparada por forte esquema de segurança que contou com o apoio dos agentes penitenciários do Setor de Operações Especiais (SOE) e gerência de Escolta da Sejudh, além de policiais militares, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). 

Os trabalhos foram acompanhados pelo secretário adjunto de Administração Penitenciária, da Sejudh, coronel Clarindo Alves de Castro, pelo major Daniel Lippi Alvarenga, e ainda pela direção da PCE. 

Também contribuíram com a operação a Polícia Federal e Infraero. Um planejamento logístico desenvolvido pela Sejudh com o apoio dos colaboradores evitou que o embarque dos reeducandos interferisse na movimentação do aeroporto. 

Coronel Castro destaca que nenhum incidente foi registrado e a operação de transferência alcançou 100% de êxito. Ele explica que desde o dia 17 de outubro último a Sejudh já realizou a transferência de 14 reeducandos da PCE para unidades federais, em três operações. 

As vagas em presídios federais são disputadas por todos os Estados brasileiros. Consegui-las exige esforço e competência, pois são muitos os trâmites burocráticos. Nesse sentido, a secretária em exercício da Sejudh, Geyza Bianconi, destacou o empenho do titular da pasta, secretário Paulo Lessa e também dos servidores da secretaria para o alcance dos objetivos. 

(Com informamações da assessoria de imprensa).

 

Da Redação - Victor Cabral

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário