17/11/2014 - Deputados novatos serão quase metade na AL em 2015

Na Assembleia Legislativa de Mato Grosso 11 das 24 cadeiras do plenário serão ocupadas por novos deputados estaduais a partir de janeiro de 2015. 

Isso representa, para os próximos quatro anos, uma renovação de 48% do quadro político do Legislativo. Os novatos representam quase a metade do total de parlamentares.

Dos 11 que passarão a compor a AL, 9 são estreantes. Já dois vão retornar à Casa: Zé Carlos do Pátio (SD), que vai para seu 4º mandato, e Wilson Santos (PMSB), que vai para seu 3º mandato.

Os dois deputados ainda integram outra lista, a de ex-prefeitos. Dos 11 novos parlamentares, 5 são ex-prefeitos. 

São eles: Max Russi (PSD), ex-prefeito de Jaciara, Oscar Bezerra (PSD), ex-prefeito de Juara, além do próprio Pátio, ex-prefeito de Rondonópolis, e Wilson, ex-prefeito de Cuiabá.

Outros dois deputados eleitos deixarão mandato de vereador para assumir a cadeira na Assembleia. São eles Pery Taborelli (PV), vereador por Várzea Grande, e Wancley Carvalho (PV) vereador por Pontes e Lacerda.

Além disso, 9 dos 11 deputados foram eleitos pela coligação “Coragem e Atitude pra Mudar”, encabeçada pelo governador eleito Pedro Taques (PDT).

Ele, no entanto, não possui maioria na Assembleia, já que o grupo oposicionista conta com 13 deputados.

Somam ainda no grupo de Taques os deputados: Guilherme Maluf (PSDB), Zeca Viana (PDT) e Dilmar Dal’Bosco (DEM).

Renovação

Para o deputado estadual José Riva (PSD), que após cinco mandatos deixa o Poder Legislativo, a chamada “renovação” na Assembleia não foi tão grande quanto se esperava.

“Vejo que a reformulação não foi tão grande quanto se esperava e pensava. E acredito que esse número de novos deputados é devido ao grande número de deputados estaduais que não foram candidatos”, disse.

Riva citou os deputados Alexandre César (PT), João Malheiros (PR) e Ezequiel Fonseca (PP) - eleito deputado federal - como parlamentares que teriam chances de serem reeleitos caso tivessem se candidato.

“Tem no mínimo cinco que se disputasse teria chances de voltar. O PR, por exemplo, reelegeu quase todos os deputados, com exceção do J. Barreto, que não disputou. O PSD só não reelegeu o Airton Português, até porque entrou a Janaina na disputa”, afirmou.

Para Riva, que deixa a AL comandando pela sexta vez a presidência da Mesa Diretora, a renovação de 48% irá “oxigenar” a Casa.

“A chegada de deputados novos é a oportunidade de chegada de novas ideias e de oxigenar o Poder Legislativo. E acredito que todos ali vão batalhar por isso”, completou o deputado.

 

Os novos deputados da Assembleia Legislativa em 2015

1 Janaína Riva (PSD)

48.171 votos

2  Eduardo Botelho (PSB)

40.517 votos

3  Dr. Leonardo (PDT)

34.753 votos

4 Max Russi (PSB)

20.690 votos

5 Wilson Santos  (PSDB)

20.562 votos

6 Oscar Bezerra (PSB)

20.390 votos

7 Wancley Carvalho (PV)

19.639 votos

8 Coronel Taborelli (PV)

18.526 votos

Zé do Pátio (SD)

17.431 votos

10 Saturnino Masson (PSDB)

16.262 votos

11 Silvano Amaral (PMDB)

15.310 votos

 

 

Douglas Trielli 
Da Redação

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário