17/12/2011 - Bando destroi caixas e leva R$ 400 mil; três são presos

 

Dois dos quatro caixas do BB de Nortelândia foram destruídos; explosão danifica outros setores da agência.
 
Policiais militares localizaram, por volta de 17h desta sexta-feira (16), a picape S10 branca usada no ataque a dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil, na madrugada de hoje, na cidade de Nortelândia (253 km a Médio-Norte de Cuiabá). 
 
O veículo estava abandonado numa estrada rural do Assentamento Barreirão e, seggundo a Polícia, estava estava com o esquema de “dublê de placa” – embora estivesse com placa de Sorriso, a picape foi roubada recentemente em Várzea Grande, reforçando as suspeitas de que os bandidos sejam da Capital.
 
Próximo à picape, os PMs detiveram três rapazes que estavam num Fiesta e são moradores de Várzea Grande. Eles não souberam explicar o que estavam fazendo tão longe. 
 
Um dos suspeitos, Geovane Santos da Silva, apresentou carteira de motorista falsa, bem como documentos pessoais também ilegais. 
 
Ele se apresentou como Geovane Marasca, tem passagens pela Policia e confessou ter pago R$ 200 pela carteira de habilitação. O trio foi conduzido para a delegacia de Diamantino para maiores averiguações.
 
O arrombamento dos caixas eletrônicos ocorreu por volta das 4 horas da madrugada desta sexta-feira (15).
 
Cinco homens fortemente armados e encapuzados explodiram dois dos seis caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil, levando todo o dinheiro, estimado em cerca de R$ 200 mil em cada máquina.
 
Segundo policiais militares que atenderam a ocorrência, a ação criminosa não durou mais do que 10 minutos, tempo suficiente para que os ladrões colocassem o explosivo nos caixas e, com a detonação, pegaram o dinheiro que estavam nas gavetas. 
 
Em seguida, fugiram em dois veículos – sendo uma picape branca - estacionados nas proximidades. 
 
Na saída, ainda deram um tiro para o alto, "comemorando" o sucesso da empreitada criminosa. 
 
A explosão destruiu também parte das instalações do setor de autoatendimento, cujo forro veio abaixo. 
 
O barulho chamou a atenção dos policiais militares de plantão que se deslocaram até a agência, no centro da cidade e depararam com a destruição.
 
Os policiais acrescentaram que o caixa tinha sido reabastecido no dia anterior, uma vez que hoje foi feito o pagamento da segunda parte do décimo terceiro do funcionalismo público estadual. 
 
O assalto ocorreu há cerca de 40 dias após a explosão do caixa eletrônico do Banco Bradesco da cidade. As constantes ações dos bandidos estão deixando os moradores preocupados. 
 
No ano, segundo o sindicato dos bancários, já chega a 108 caixas eletrônicos em Mato Grosso, alvo dos ataques dos bandidos.
 
Foto: Edvaldo Sá/Nortelândia 
Fonte: Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário