18/01/2012 - Carro da Cemat provocou acidente fatal em rodovia (Veja fotos)

 

A falta de sinalização de um carro da Cemat parado no meio da pista foi responsável pelo grave acidente na Rodovia Helder Cândia, que liga Cuiabá ao distrito da Guia, e que resultou na morte de uma pessoa. 
 
De acordo com testemunhas e com os envolvidos na batida, um ônibus da empresa Xavante, que vinha sentido Guia – Cuiabá, bateu na traseira do carro da Cemat que estava parado sem sinalização e acabou atingindo o veículo Ford Focus preto que vinha no sentido oposto, matando na hora o motorista Israel dos Apóstulos. 
 
Enésio Laurindo Pinheiro, condutor do ônibus informou que o carro da Cemat estava parado depois de uma subida, o que impedia a sua visualização. Quando se deparou com o carro da empresa de energia, o motorista do ônibus ainda tentou desviar, mas acabou batendo na traseira do carro da Cemat e quase bateu em uma carreta que vinha no sentido oposto. 
 
“Foi por muito pouco”, contou o motorista da carreta que se safou do acidente. No entanto, os dois carros que vinham atrás da não tiveram a mesma sorte. “Eu vi o ônibus vindo e desviei, mas acabei batendo na árvore”, lembrou o motorista do Golfa prata, Ricardo Gonçalves da Silva. O Ford Focus preto bateu no ônibus e o motorista morreu. 
 
O irmão do motorista que morreu no acidente também estava no carro. Ele foi encaminhado ao Hospital Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC). Os irmãos voltavam de Nova Mutum (262 km de Cuiabá) para Cuiabá quando acabaram se envolvendo no trágico acidente. O carro estava cheio de malas, indicando que eles retornavam para casa após um período de férias. 
 
Outro lado
 
A reportagem ainda tentou falar com o motorista do carro da Cemat, porém, em um primeiro momento ele negou que fosse o responsável pelo veículo e depois se recusou a falar. Os demais trabalhadores da empresa também se negaram a falar sobre o caso. 
 
A empresa também foi procurada após o acidente, mas os telefonemas não obtiveram retorno. A Polícia Civil deve ouvir os sobreviventes e após a conclusão do laudo pericial, serão confirmados os responsáveis pelo acidente.
 
 
Da Redação - Priscilla Vilela e Lucas Bólico

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário