18/01/2016 - Governador determina mais policiamento nas ruas

18/01/2016 - Governador determina mais policiamento nas ruas

A primeira medida da Segurança Pública para 2016 será a presença mais ostensiva da Polícia Militar nas Ruas daGrande Cuiabá. A determinação foi dada pelo governadorPedro taques, nesta sexta-feira (15), durante uma reunião com os secretários de Segurança Pública, Fábio Galindo, da Casa Militar, Airton Siqueira Júnior, e o futuro comandante da Polícia Militar, coronel Gley Alves de Almeida Castro.

 

Esta foi a primeira reunião do novo comando da PM, com o governador Pedro Taques. O coronel Alves irá tomar posse oficial do cargo às 18h, na próxima segunda-feira (18).

 

Segundo Alves, o projeto do Governo é ter uma polícia atuante, próxima ao cidadão e com um trabalho prevenção. “Além da prevenção, uma repressão qualificada e realmente um enfrentamento a essa criminalidade para que nós possamos reduzir esses índices e aumentar a sensação de segurança na sociedade”.  

 

Conforme o coronel, uma das principais estratégias será o aumento na integração das forças de segurança para ampliar o raio de alcance das ocorrências e trazer mais segurança aos cidadãos.

 

De acordo com o secretário Fábio Galindo, o diálogo e as operações em conjunto serão as principais marcas da Sesp este ano.

 

“O caminho é conversar, o caminho é dialogar e no aspecto operacional é elaborar um planejamento estratégico em conjunto e operações em conjunto. Quem ganha com esta sinergia é a população. E tudo que for necessário para proteger e preservar e a sociedade mato-grossense, a PM, a Sesp, a Policia Civil, os bombeiros e a Politec estarão unidos para cumprir com esta nobre missão”.

 

Segundo o secretário, a principal estratégia será o incremento do policiamento ostensivo nas ruas. “A estratégia básica é polícia na rua. Nós precisamos do policial visitando o comércio, na base comunitária, transitando pelo centro e pelas zonas críticas de criminalidade. Nós precisamos que o cidadão se sinta seguro ao ver um policial, e este policial esteja em uma viatura nova, fardado adequadamente para garantir essa segurança, e sobretudo esta sensação de segurança”.

 

Galindo ressaltou a escolha do coronel Gley Alves para assumir o comando da PM por conta da sua história dentro da corporação, seja no interior do Estado ou na Grande Cuiabá.

 

“Ele conhece o funcionamento da máquina como ninguém. É um homem do diálogo, é um homem que tem firmeza quando necessário, mas também tem a sensibilidade para compreender a necessidade da tropa, para entender o que a tropa precisa e levar os pleitos da PM para a Secretaria de Segurança Pública e ao governador do Estado”.

 

 

 

Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário