18/04/2011 - 10h:37 Em Água Boa, Silval anuncia obras para o Araguaia

Travessia urbana de Água Boa, construção de portos em cinco municípios do Vale do Araguaia e interligação de todas as cidades da região à malha rodoviária nacional. Esses temas foram os principais assuntos tratados pelo governador Silval Barbosa, ontem, em Água Boa (730 km ao leste de Cuiabá), onde participou do Mega-Leilão promovido pelo prefeito republicano anfitrião Maurício Tonhá.

Silval destacou seu compromisso de assegurar ao menos um acesso pavimentado às cidades, observando que as obras necessárias para tanto, em alguns casos, serão realizadas em parceria com o Dnit. “Esse será o caso de Porto Alegre do Norte e também de Confresa e Vila Rica, que estão à margem da BR-158”.

A principal reivindicação da região do Araguaia, que enfrenta problema parcial de isolamento para escoar a produção agropecuária, é logística de transporte. “Estamos virando esta página”, avalia Silval, que adiantou aos políticos com os quais se reuniu, que a Ferrovia da Integração Centro-Oeste FIC foi licitada e seu licenciamento ambiental concedido. Neste ano a obra no trecho de Água Boa e a Ferrovia Norte-Sul, em Campinorte (GO), será iniciada.

Numa ação política sincronizada do governador com a bancada federal, o deputado Wellington Fagundes (PR) incluíra a construção dos portos de Barra do Garças, Araguaiana, Cocalinho e São Félix (todos no rio Araguaia) e o porto de Nova Nazaré (rio das Mortes) ao Plano Nacional Viário (PNV). Wellington é relator da Emenda 513 que trata de temas nessa área; a votação do PNV acontecerá na terça-feira...

Numa lista de reivindicações políticas regionais os cinco portos da região ocupam lugar de destaque, porque facilitam o escoamento agropecuário e criam estrutura para a movimentação regional de cargas. “O governador pediu a inclusão desses portos ao PNV e o atendi”, acrescenta o deputado e relator.

A travessia urbana da BR-158 em Água Boa é antiga reivindicação local. Essa obra, orçada em R$ 14 milhões, foi autorizada e contratada. A liberação dos recursos para tanto está assegurada pelo orçamento da União à espera de liberação financeira.

Após a reunião com políticos Silval conversou com jornalistas. O governador destacou que na semana passada despachou na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) com prefeitos de todas as regiões e que reforçou seu compromisso de executar governo municipalista.


Fonte: Agua Boa News/ O Repórter do Araguaia