18/04/2015 - MP pede à Assembleia informações sobre dívidas com mídia e gráficas

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, encaminhou ofício à Assembleia solicitando informações sobre os gastos com mídia e materiais gráficos desde 2013. A notificação foi recebida pelo presidente do Legislativo, Guilherme Maluf (PSDB), na última quarta (15). 

 

Os promotores solicitam informações sobre o valor da dívida deixada pela antiga Mesa Diretora, que tinha José Riva (PSD) na presidência e o ainda deputado Mauro Savi (PR) como primeiro-secretário. Além disso, pedem a listagem das empresas fornecedoras com o valor dos débitos descriminado.

 

Informações extra-oficiais indicam que a dívida com a mídia chega a R$ 7 milhões. As gráficas, por sua vez, cobram débitos que chegam a R$ 12 milhões. 

Ao Rdnews, Guilherme Maluf afirmou que já determinou o f

ornecimento das informações solicitadas pelo Ministério Público. Segundo o tucano, a averiguação dos promotores é fundamental para o esclarecimento de questões divergentes relacionados às contas do Legislativo. “Estamos passando a Assembleia a limpo. O resultado das investigações será informado à sociedade no tempo oportuno”, garantiu. 

 

O pedido de informações é decorrente de investigações da Operação Imperador, que levou à prisão do ex-presidente e deputado por 20 anos José Riva. O social-democrata está na cadeia desde 21 de março, sob acusação de desviar cerca de R$ 62 milhões dos cofres do Legislativo através de falsas aquisições de material de expediente. As cinco empresas citadas na ação penal, em apenas um ano, venderam mais de 30 mil toners à Assembleia, que à época contava com apenas 150 impressoras. 

 

 

Jacques Gosch

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário