18/04/2015 - TRANSPARÊNCIA: Governador responde perguntas de internautas e 84 rádios

Por uma hora o governador Pedro Taques respondeu a perguntas de rádios de todo Mato Grosso, além dos questionamentos enviados pelos internautas por meio do Facebook oficial do Estado. Entre as 8h e 9h desta sexta-feira (17.04), 84 rádios de Mato Grosso transmitiram ao vivo a primeira coletiva de imprensa exclusiva para rádios, uma iniciativa inédita do Gabinete de Comunicação do Governo do Estado (Gcom-MT).

Radialistas e internautas de todo o estado tiveram a oportunidade de tirar suas dúvidas e questionar diretamente o Governador Pedro Taques sobre temas como concurso público, segurança pública, saúde, educação e infraestrutura. Nas redes sociais a pergunta mais enviada foi sobre o concurso público da Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiros. “Após a reforma administrativa o governo pretende chamar 2 mil novos servidores para a segurança pública entre aprovados e cadastro de reserva”, explicou Taques.

Paulo Jorge da Rádio Club de Rondonópolis perguntou ao governador sobre investimentos nas polícias Civil e Militar e também no Copo de Bombeiros. Segundo Taques, Rondonópolis foi inserida nas quatro áreas prioritárias de atuação policial nos 100 primeiros dias de gestão, sendo contemplada com diversas operações como Start, Asfixia, Precisão e Interior Seguro. A cidade também será contemplada com incremento nos concursados.

O jornalista Ronaldo Couto da TV Serra Azul de Barra do Garças contou ao governador que esta preocupado com a retomadas das obras na região do Araguaia como o MT Integrado e o anel viário de Barra do Garças. Taques afirmou que as obras do MT Integrado serão retomadas a partir de abril. A expectativa é que sejam feitas 10 das 46 obras ainda em 2015. No Anel Viário de Barra do Garças, estão sendo feitas as fundações das pontes que serão construídas sobre o Rio Garças.

Para o governador, atender as rádios de municípios de todas as regiões do estado e ainda ter um contato direto com o cidadão por meio das redes sociais é fundamental neste Estado de Transformação que preza pela transparência e cuidado com o cidadão. “É importante levar informações para os cidadãos pelas rádios e também pelo Facebook. A transparência e a prestação de contas é um dever do servidor público, por isso faremos isso mais vezes como um instrumento de democracia, atendendo também jornalistas de outros veículos”.

O secretário de comunicação Jean Campos comemorou a participação das 84 rádios e considerou esta primeira entrevista coletiva exclusiva para rádios como um momento de prestação de contas com a população. Para Jean, esta é uma oportunidade do governador prestar contas com o cidadão que estão nos municípios. “Vamos ampliar esta participação das rádios dentro deste conceito de governo participativo. Uma das premissas desse governo é que não temos pudor de falar dos problemas, mas sim falar de como iremos enfrentá-los”, concluiu.

 
 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário