18/05/2013 - Segundo acusado de tentar assassinar índio xavante em Mato Grosso é preso (Veja Vídeo)

 

O segundo suspeito de tentar matar um índio xavante em Mato Grosso foi preso, o conhecido como Deco. Ele foi localizado pela Polícia Militar no distrito de Indianópolis, em Barra do Garças, quinta-feira (16). Anteriormente a polícia já tinha prendido Carlos Martins, 22 anos, conhecido como Maninho Cabeção, na cidade de Primavera do Leste. Eles são acusados da tentativa de homicídio contra Levi Xavante, domingo (12).

A detenção do segundo suspeito foi realizada pela guarnição do sargento Garcia de Indianópolis. Com várias tatuagens pelo corpo, Deco tenta esconder o rosto no momento que chegava na delegacia. Segundo a polícia, Deco e Cabeção entraram em desentendimento com o indigena e efetuaram seis tiros contra Levi. O indígena sobreviveu e está hospitalizado em Barra do Garças.

Revoltados com tentativa de homicídio, os índios xavantes de Nova Xavantina decidiram agir pelas próprias mãos e deram início a uma onda de saques enquanto procuravam os suspeitos. Em 48 horas, eles saquearam quatro casas e um supermercado levando eletrodomésticos, mantimentos e até motos. Cerca de cem índios se pintaram para guerra e usando bordunas e flechas amedrontaram a cidade de Nova Xavantina.

Na quinta-feira (16), a polícia conseguiu localizar parte dos utensílios que os índios se apropriaram. Após uma negociação envolvendo políticos e policiais, os indígenas suspenderam os saques e retornaram para as aldeias.

Por medida de precaução, os suspeitos foram conduzidos para o presídio de Água Boa. 

 

Olhar Direto

Foto: Ney Weliton

Video com a reportagem de Ney Weliton

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário