18/07/2011 – 08h:15 ALTO BOA VISTA Prefeito pede bloqueio de bens de antecessor

O prefeito de Alto Boa Vista, Wanderley Perin (PR), afirmou que pediu o bloqueio dos bens do ex-prefeito Aldecides Milhomem (DEM), acusado de desvio de recursos públicos enquanto administrou o município entre 2008 e 2011. Perin disse que o “rombo” deixado por Milhomem chega a R$ 737 mil.

O atual gestor, que assumiu após o democrata ser cassado por abuso de poder econômico no último pleito, acredita que na próxima semana haverá uma decisão da Justiça sobre o pedido, feito pela procuradoria do município.

“Ainda faltam os R$ 100 mil que não sei onde estão”, disse o republicano, destacando que a caminhonete Toyota SW4 da prefeitura ainda não retornou à administração municipal. Perin acusa o antecessor de ter “sumido” com o veículo. Um automóvel Palio, usado pela Secretaria de Assistência Social, também foi dado como “desaparecido” anteriormente, mas já foi restituído à prefeitura...

Após assumir o cargo, Perin anunciou que o ex-prefeito “fugiu” com a caminhonete oficial. Depois, denunciou o “roubo” das reservas do município, sendo que, na ocasião, havia encontrado no cofre da prefeitura somente R$ 13,25.

Ele também destacou a não possibilidade de pagamento dos salários dos servidores, pois, novamente segundo ele, nas 20 contas bancárias da prefeitura, só foram encontrados R$ 170 mil, sendo que a folha de pagamento total é de R$ 470 mil. Na época, Milhomem afirmou que as acusações eram mentirosas e jogou a responsabilidade pelos roubos para ao atual gestor.

Por pedido do republicano, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) enviou uma equipe para fazer auditoria na prefeitura. O conselheiro Alencar Soares, relator das contas do município em 2011, havia dito que solicitou o levantamento devido ao momento por que passa a localidade. Até o momento, não foi divulgada nenhuma informação sobre a investigação nas contas do município.

 

Escrito por FERNANDO DUARTE / Diário de Ciuiabá  

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário