18/08/2014 - Condenado por assassinato no Parque Cuiabá, é recapturado em Goiás

Condenado a 16 anos e 8 meses de prisão e foragido da Penitenciária Central de Cuiabá, o antigo presídio Pascoal Ramos, o assassino Gutemy Amaro Ferreira, 49 anos, foi preso neste final de semana na cidade de Rio Verde, em Goiás, onde tentava levar uma vida normal, se interagindo com a população e fingindo ser uma pessoa de bem.


Na noite de 23 de setembro de 2011, Gutemy Amaro Ferreira mostrou no Parque Cuiabá, zona Sul de Cuiabá, o homem cruel, sem escrúpulos e violento que era, ao matar seu enteado, Bruno Ferreira Lucena Lima, então com 22 anos com três facadas na residência de sua ex-mulher e ferir o tio de Bruno, Jairo Bueno Lima. Ele ainda tentou assassinar a ex-esposa Marleide Lucena Ferreira. Não conseguiu, mas ao fugir prometeu que voltaria para completar a crueldade.


Após o assassinado, provocado porque não se conformava com o fim do relacionamento, Gutemy fugiu para o Estado de Goiás, onde foi preso em 11 de novembro do mesmo ano. Recambiado para o presidídio Pascoal Ramos, o assassino conseguiu de forma até hoje não explicada pela direção do presídio no dia 2 de janeiro deste ano. Segundo o boletim de ocorrência registrado na epoca, ele teria fugido no periodo da tarde, saindo tranquilamente pelo portão da frente. Teria ficado alguns dias em Cuiabá e depois fugiu para o Estado de Goiás, onde acabou preso neste final de semana.


A Policia goiana deve mandar o assassino para o presídio de Cuiabá nos próximos dias, tão logo receba a documentação para a transferência. Em Cuiabá Gutemy, que ao ser preso chegou a fazer chacotas sobre o brutal assassinato e a polícia mato-grossense, terá de explicar como conseguiu fugir pelo portão da frente da penitenciária e se pagou para conseguir esta liberdade.

- See more at: http://www.24horasnews.com.br/noticias/ver/condenado-por-assassinato-no-parque-cuiaba-e-recapturado-em-goias#sthash.gBsm8qTW.dpuf

Condenado a 16 anos e 8 meses de prisão e foragido da Penitenciária Central de Cuiabá, o antigo presídio Pascoal Ramos, o assassino Gutemy Amaro Ferreira, 49 anos, foi preso neste final de semana na cidade de Rio Verde, em Goiás, onde tentava levar uma vida normal, se interagindo com a população e fingindo ser uma pessoa de bem.


Na noite de 23 de setembro de 2011, Gutemy Amaro Ferreira mostrou no Parque Cuiabá, zona Sul de Cuiabá, o homem cruel, sem escrúpulos e violento que era, ao matar seu enteado, Bruno Ferreira Lucena Lima, então com 22 anos com três facadas na residência de sua ex-mulher e ferir o tio de Bruno, Jairo Bueno Lima. Ele ainda tentou assassinar a ex-esposa Marleide Lucena Ferreira. Não conseguiu, mas ao fugir prometeu que voltaria para completar a crueldade.


Após o assassinado, provocado porque não se conformava com o fim do relacionamento, Gutemy fugiu para o Estado de Goiás, onde foi preso em 11 de novembro do mesmo ano. Recambiado para o presidídio Pascoal Ramos, o assassino conseguiu de forma até hoje não explicada pela direção do presídio no dia 2 de janeiro deste ano. Segundo o boletim de ocorrência registrado na epoca, ele teria fugido no periodo da tarde, saindo tranquilamente pelo portão da frente. Teria ficado alguns dias em Cuiabá e depois fugiu para o Estado de Goiás, onde acabou preso neste final de semana.


A Policia goiana deve mandar o assassino para o presídio de Cuiabá nos próximos dias, tão logo receba a documentação para a transferência. Em Cuiabá Gutemy, que ao ser preso chegou a fazer chacotas sobre o brutal assassinato e a polícia mato-grossense, terá de explicar como conseguiu fugir pelo portão da frente da penitenciária e se pagou para conseguir esta liberdade.

- See more at: http://www.24horasnews.com.br/noticias/ver/condenado-por-assassinato-no-parque-cuiaba-e-recapturado-em-goias#sthash.gBsm8qTW.dpuf

Condenado a 16 anos e 8 meses de prisão e foragido da Penitenciária Central de Cuiabá, o antigo presídio Pascoal Ramos, o assassino Gutemy Amaro Ferreira, 49 anos, foi preso neste final de semana na cidade de Rio Verde, em Goiás, onde tentava levar uma vida normal, se interagindo com a população e fingindo ser uma pessoa de bem.


Na noite de 23 de setembro de 2011, Gutemy Amaro Ferreira mostrou no Parque Cuiabá, zona Sul de Cuiabá, o homem cruel, sem escrúpulos e violento que era, ao matar seu enteado, Bruno Ferreira Lucena Lima, então com 22 anos com três facadas na residência de sua ex-mulher e ferir o tio de Bruno, Jairo Bueno Lima. Ele ainda tentou assassinar a ex-esposa Marleide Lucena Ferreira. Não conseguiu, mas ao fugir prometeu que voltaria para completar a crueldade.


Após o assassinado, provocado porque não se conformava com o fim do relacionamento, Gutemy fugiu para o Estado de Goiás, onde foi preso em 11 de novembro do mesmo ano. Recambiado para o presidídio Pascoal Ramos, o assassino conseguiu de forma até hoje não explicada pela direção do presídio no dia 2 de janeiro deste ano. Segundo o boletim de ocorrência registrado na epoca, ele teria fugido no periodo da tarde, saindo tranquilamente pelo portão da frente. Teria ficado alguns dias em Cuiabá e depois fugiu para o Estado de Goiás, onde acabou preso neste final de semana.


A Policia goiana deve mandar o assassino para o presídio de Cuiabá nos próximos dias, tão logo receba a documentação para a transferência. Em Cuiabá Gutemy, que ao ser preso chegou a fazer chacotas sobre o brutal assassinato e a polícia mato-grossense, terá de explicar como conseguiu fugir pelo portão da frente da penitenciária e se pagou para conseguir esta liberdade.

- See more at: http://www.24horasnews.com.br/noticias/ver/condenado-por-assassinato-no-parque-cuiaba-e-recapturado-em-goias#sthash.gBsm8qTW.dpuf

Condenado a 16 anos e 8 meses de prisão e foragido da Penitenciária Central de Cuiabá, o antigo presídio Pascoal Ramos, o assassino Gutemy Amaro Ferreira, 49 anos, foi preso neste final de semana na cidade de Rio Verde, em Goiás, onde tentava levar uma vida normal, se interagindo com a população e fingindo ser uma pessoa de bem.


Na noite de 23 de setembro de 2011, Gutemy Amaro Ferreira mostrou no Parque Cuiabá, zona Sul de Cuiabá, o homem cruel, sem escrúpulos e violento que era, ao matar seu enteado, Bruno Ferreira Lucena Lima, então com 22 anos com três facadas na residência de sua ex-mulher e ferir o tio de Bruno, Jairo Bueno Lima. Ele ainda tentou assassinar a ex-esposa Marleide Lucena Ferreira. Não conseguiu, mas ao fugir prometeu que voltaria para completar a crueldade.


Após o assassinado, provocado porque não se conformava com o fim do relacionamento, Gutemy fugiu para o Estado de Goiás, onde foi preso em 11 de novembro do mesmo ano. Recambiado para o presidídio Pascoal Ramos, o assassino conseguiu de forma até hoje não explicada pela direção do presídio no dia 2 de janeiro deste ano. Segundo o boletim de ocorrência registrado na epoca, ele teria fugido no periodo da tarde, saindo tranquilamente pelo portão da frente. Teria ficado alguns dias em Cuiabá e depois fugiu para o Estado de Goiás, onde acabou preso neste final de semana.


A Policia goiana deve mandar o assassino para o presídio de Cuiabá nos próximos dias, tão logo receba a documentação para a transferência. Em Cuiabá Gutemy, que ao ser preso chegou a fazer chacotas sobre o brutal assassinato e a polícia mato-grossense, terá de explicar como conseguiu fugir pelo portão da frente da penitenciária e se pagou para conseguir esta liberdade.

 

 

Redação 24 Horas News

Comentários

Data: 19/08/2014

De: Roberval

Assunto: Esclarecimento

Ao Ilustrissimo Senhor Diretor do site O repórter do Araguaia
Venho esclarecer que esta Direção vem ao publico e a este meio de comunicação informar que assumimos a direção da Penitenciária no final de dezembro de 2013. Que em janeiro de 2014 foi percebido a fuga do referido interno, quanto esta direção abriu procedimento e informou a todos os órgãos necessários sobre o ocorrido a fuga. Que imediatamento determinamos que o núcleo de inteligência da Penitenciária Central (antigo Pascoal Ramos) realizasse diligencias e colhesse informações sobre a fuga e o paradeiro deste individuo. Sobre como o mesmo saiu pela porta da frente, esclarecemos que o referido Preso quando esta direção assumiu a Penitenciária o recuperando/reeducando, interno o mesmo já se encontrava na ativadades laborais, ou seja, fazia o serviço de limpeza, dentre outros no presidio...o qual foi dado falta, sendo de imediato informado a delegacia de captura polinter de Cuiaba e o núcleo de inteligência da Penitenciária Central antigo pascoal ramos de imediatamente feitas diligencias e colhidas as informações enviamos os endereços de possíveis localizações tanto para a delegacia de Rio Verde GO e o Estado de MG, dentre outras que não convem esclarecer os modus operandi da Operação. Agora com a recaptura positiva vamos colher depoimento do referido interno para apurar as circunstancias do emprego da fuga..

Novo comentário