18/08/2014 - Índios retomam cobrança de pedágio no Mato Grosso

Cerca de 200 índios da etnia Enawenê-nawê bloqueiam, desde as 5h da manhã de hoje, a BR-174 em Mato Grosso próximo ao Rio Mutum, na região do município de Comodoro. Os indígenas retomaram a cobrança ilegal de pedágio para quem quiser passar pelo local, sendo R$ 100 para carros, ônibus e caminhões, e R$ 50 para motos. As informações são da Polícia Rodoviária Federal no estado (PRF-MT), que está com uma equipe no local e pede para que os motoristas evitem a região. Não há previsão de liberação da estrada.

Conforme a PRF-MT, os índios pedem desde 2013 às prefeituras de Sapezal e Comodoro para que seja feita uma ponte e o cascalhamento de uma estrada que liga uma aldeia deles, chamada Halataikwa, a cidades vizinhas. A Funai não quer a ligação temendo que os índios tenham acesso às cidades.

Como não foram atendidos, os indígenas disseram à PRF-MT que pretendiam fechar a estrada federal entre 19 e 29 de agosto e cobrar pedágio para a realização dessas obras. Porém, a ação acabou antecipada.

Ainda de acordo com a PRF-MT, os índios também ameaçam fechar a BR-364 entre Comodoro e Campos de Júlio. O G1 não conseguiu entrar em contato com as prefeituras de Comodoro e Sapezal.

O pedágio é mesmo de um vídeo polêmico que circula a partir do youtube. No vídeo, que já foi censurado do Facebook a pedido de indigenistas, um grupo de viajantes se mostra revoltado contra os índios por causa da cobrança abusiva e ilegal.

Apesar de ilegal prática da cobrança de pedágio por índios é tolerada pela Funai, que não tem controle sobre eles, e pela Polícia Rodoviária Federal, que não tem efetivo para coibir o crime.

 

 

Comentários

Data: 18/08/2014

De: anonimo

Assunto: A cara do Brasil

Incrível como o governo defende essa pouca vergonha, esses índios são muitos é preguiçosos não querem trabalhar, estudar e nada. Acham que trabalhamos para pagar impostos a vocês seus folgados? De 100% de índios do Brasil, 10% até 20% são índios que vivem normalmente trabalhando e educando seus filhos. Agora vem um povoado que acha que o povo branco é vagabundo pra sustentar eles, pois, eles estão enganados. Isso ai Brasil, vá em frente que o PT que comanda esses 80% de índios vagabundos.

Novo comentário