18/08/2015 - Criança morre após ser atropelada por soldado sem CNH

Um atropelamento resultou na morte de Roniely Garcia dos Santos, de 11 anos, na noite deste domingo (16), na cidade de Cáceres (220Km a Oeste de Cuiabá). O acidente ocorreu quando uma moto, pilotada pelo militar do Exército, Luiz Carlos da Costa Sales, 19, invadiu a pista em que a menina pedalava. Roniely morreu no local.

Segundo boletim de ocorrência, a menina pedalava com uma tia, pela Avenida Tancredo Neves, no Bairro Olhos D'água, quando a motocicleta de Luiz, que transitava em alta velocidade, invadiu a pista, em que estavam as duas.

Ao atenderem a ocorrência, os policiais constataram que o soldado não possuia Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e que estava visivelmente alcoolizado. O Luiz Carlos confirmou haver consumido quatro latas de cerveja antes do acidente.

Os bombeiros foram acionados e constataram o óbito da menina, que foi conduzida para necropsia. O corpo foi liberado em seguida para os procedimentos fúnebres. Luiz Carlos foi autuado por homicídio e encaminhado para o 2º Batalhão de Fronteira do Estado (2º BFron).

Manifestação

Indignados com a situação, moradores do bairro Olhos D'àgua fecharam, na manhã desta segunda-feira (17), a Avenida Tancredo Neves. O grupo aproveitou o momento para reclamar das más condições da via.

Eliezer Martins é morador do bairro e conta que este é o terceiro acidente com vítima fatal, ocorrido neste ano, na avenida. "Não tem iluminação, nem acostamento. A avenida está toda esburacada. Estamos cobrando da prefeitura melhorias faz muito tempo, e agora com a morte da menina, estamos aqui cobrando uma ação efetiva".

De acordo com ele, o grupo não irá deixar o local até que o prefeito, Francis Maris Cruz (PMDB), apresente um posicionamento, quanto a melhorias para a avenida. No momento estão no local cerca de 100 pessoas. 

 

Flor Costa, especial para o GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário