18/08/2016 - Polícia apreende maquinário de prefeitura em fazenda

18/08/2016 - Polícia apreende maquinário de prefeitura em fazenda

Polícia Civil apreende retroescavadeira da Prefeitura de Santo Antônio de Leverger (34 km ao sul) sendo usada em propriedade rural particular da região, após denúncia.

Flagrante que deu início à inquérito policial ocorreu na manhã de quarta-feira (17), na zona rural de Porto de Fora, distante cerca de 50 quilômetros da sede do município.

A máquina tem o adesivo com a logomarca da prefeitura e indicando ser oriunda do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Estava desativada por ter apresentado defeito, pouco antes da chegada dos investigadores da delegacia de Santo Antônio.

Um trabalhador de 50 anos, operador do equipamento, foi encaminhado até a delegacia para prestar depoimento. Segundo o delegado Fernando Fleury da Mota, ele alegou que trabalha em uma empresa terceirizada e que foi contratado para assumir a escavação na propriedade depois que o equipamento voltasse a funcionar.

A retroescavadeira era usada para obra de ampliação de um tanque de piscicultura na propriedade.

De acordo com Fleury, o secretário de Viação e Obras Públicas da Prefeitura teria mantido contato com a Polícia e informado que o uso do equipamento em propriedade particular é permitido e ficou de apresentar documentação e contratos que legitimam o sua utilização em algumas circunstâncias, como forma de contrapartida ou parceria.

A partir desta quinta-feira (18) começam os depoimentos dos envolvidos, desde a proprietária da fazenda onde foi apreendido o veículo, secretário e funcionários da secretaria de obras, entre outros, informou Fleury, que inclusive determinou realização de perícia no local, para quantificar o montante do trabalho executado e o custo que teria.

A proprietária também terá que apresentar documentação ou contrato do serviço prestado.

O delegado informa que o inquérito deve ser concluído no prazo de 30 dias e, caso se comprove que houve irregularidade na cedência do maquinário público, o inquérito poderá subsidiar ação de improbidade contra os gestores responsáveis.

A reportagem do Gazeta Digital tentou contato com a prefeitura de Santo Antônio, via telefone e foi informada que o expediente se encerra às 13h. Tentou contato via celular com o prefeito Valdir Castro Pereira, mas não foi atendida.

 

 

Silvana Ribas, repórter do GD