18/09/2011 - Ordem dos Advogados do Brasil – OAB se unem em Barra do Garças em apoio ao Advogado que foi preso pela Polícia Militar.

Dr. Sandro Saggin presidente da sub-sede da OAB de Barra do Garças falou ao Jornal O Repórter do Araguaia, entrevista realizada nesta 6ª feira 16/09 falou sobre a coragem e determinação do advogado Dr. Rogério em demonstrar o que estava acontecendo com ele. Segundo o presidente da sub-sede disse que a OAB não se calou, nem vai se calar, porque se entende que o advogado é essencial a administração da justiça, o advogado não pode ser tolhido, não pode ser limitado de suas atuações.

 

A OAB estará sempre defendo o advogado no seu exercício, assim como defender os direitos da sociedade. A OAB estará sempre apoiando todas as vezes que o advogado sofrer essas agressões, quando alguém tentar impedir seus direitos de exercer suas atividades. Relembra ainda que vivemos num pais democrático e que o período da ditadura já não existe a muitos anos, e tentar coibir que um profissional exerça suas atividades com respeito e dignidade, é cercear o estado democrático de direito, até porque temos uma súmula vinculante que regulamenta o uso de algemas, somente em extrema necessidade, e algemar um advogado no exercício da profissão, seria um absurdo e exagero.  

 

Segundo Saggin, mencionou que todas as vezes que ocorrer fatos desta natureza a OAB estará cumprindo seu papel de defender o profissional e já mais se calará. A OAB estadual e a sub-sede local estão de parabéns por ter apoiado a iniciativa deste profissional, haja vista que se trata de casos isolados, não podendo generalizar a gloriosa instituição Polícia Militar, comandada na pessoa do Coronel Barbosa, que merece respeito e admiração pela transparência e seriedade frente ao batalhão em que comanda. A Polícia Militar tem o papel e o dever preventivo, de evitar que o crime se propaga, tem o dever de combater o crime e proteger a sociedade. 

 

Em seguida falou o advogado Dr. Leonardo Pio da silva Campos, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso, com sede em Cuiabá. Em seu pronunciamento falou sobre a manifestação em favor do profissional e contra um membro da gloriosa Policia Militar. Um advogado que foi preso no exercício da profissão defendendo seu cliente, a partir do momento que isso acontece a coisa é grave, a sociedade não admite isso o estado democrático de direito não permite isso, a constituição Federal não dá este tratamento aos advogados.

 

Quando o advogado no exercício da profissão tem seu direito cerceado, coloca-se em cheque o estado democrático de direito ai a ordem não vai permitir que isto ocorra então os advogados vieram para coibir fatos lamentáveis e que isso já mais ocorra, cercear o direito e a liberdade de exercer a profissão. Porque quando o advogado está defendendo um cliente, ele não está defendendo em nome próprio e sim está defendendo um cidadão, está em nome da sociedade, por isso que a ordem não vai aceitar jamais que isso ocorra, esse tolhimento no exercício democrático de direito.

 

O ato de desagravo impetrado pelo advogado que sofreu as agressões é um ato educativo para mostrar para os colegas como para a sociedade que a OAB que defende a sociedade estará sempre vigilante, que não vai aceitar nem tolerar quaisquer ofensas contra o advogado de exercer livremente suas funções. E aqui foi mais grave ainda porque foi um ato praticado por um oficial, membro da gloriosa Polícia Militar. Fica claro quanto à importância do papel da gloriosa Polícia Militar que é de defender e proteger a sociedade prestando a segurança devida prende um advogado no exercício da profissão tentando defender seu cliente, alguma coisa está errado, e a ordem se fez presente para mostrar que não aceita tais conduta, nem a sociedade permite, como a democracia não permite isso.

 

A Ordem parabeniza a pessoa do Dr. Rogério, de ter a coragem de ter tomado essa decisão, de ter procurado a Ordem, a Ordem é a instituição mais forte da sociedade civil organizada, porque ela se une, e hoje este ato serviu como exemplo, a OAB unida é uma instituição muito forte porque ela representa a sociedade. Queremos desde já parabenizar a todos advogados que deram exemplo de união e força para continuar exercendo suas profissões.                 

 

Texto e Redação: Ida Aguiar / “O Repórter do Araguaia”

Comentários

Data: 19/09/2011

De: Edgar Queiroz

Assunto: Constituição e ampla em suas interpretações

Senhores representantes da OAB no Estado e no Município, Existe o princípio do contraditório e da ampla defesa, ninguém poderáer ser condenado culpado sem antes ser julgado e condenado. Ao meu ver a Polícia Militar estava fazendo seu papel, uma vez que estava lavrando um BO para ser entregue a Polícia Civil, quando um cidadão que se diz profissional adentrou para causar tumultuo, ele deveria ter pasciência e educação e aguardar a Polícia fazer o seu serviço, depois ele entraria com algum pedido em juiz para resolver o problema de seu cliente, não era ele ter causado o que causou indignação principalmente frente ao seu cliente, desrespeitando totalmente o princípio etnico. Agora assistimos seus defenssores querer condená-lo sumariamente. Acho que o senhores tem que repensar antes de falar qualquer coisa e querer condenar profissionais da segurança que procura fazer seu papel com afeto e dignidade. valeu um abraço

Data: 18/09/2011

De: Onoroso Peregrino

Assunto: Apoio da OAB

A OAB deveria apoiar oa Advogados que apresentam decoro compativel com a categoria e que buscam a justiça através dos tribunais e não esses advogadozinhos de porta de cadeia, criminoso tal qual seus clientes e que quer tirar o deliquente das mãos da policia a força. A OAB na defesa da sociedade deveria ajudar a policia a tirar esses marginais que sequestram, assassinam e aterrorizam a sociedade de circulação. Qual é a função de um advogado dentro de um plantão de policia ? Tumultuar.
Existem advogados e "advogados", uns que pensam que estão acima do bem e do mal e que são verdadeiros deuses intocáveis e absolutos.
Tenha a santa paciência Sandro Sarggin. A OAB deveria publicar uma moção de aplausos à PM especialmente a equipe do Ten PM João Paulo que em tempo record deu uma resposta à sociedade de um crime bárbaro, covarde e ediondo cometidos pelos clientes do tal Rogéri. A OAB deveria se envergonhar de ter um advogado desses vinculado a seu quadro de profissionais.
Despreparado, por estar em um plantão policial. Advogado deve fazer petição ao Juiz e não atrapalhar a lavratura de B.O. em plantão policial

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.