18/10/2012 - Comerciantes são autuados pela Sema vendendo Pirarucu sem guias

 

Três comerciantes de Barra do Garças, cujos nomes não foram revelados pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema), foram autuados e tiveram 730 quilos apreendidos de Pirarucu. Para essa espécie de pescado, o período de Piracema começou com o mês de outubro e nos estabelecimentos visitados não havia guias sobre a procedência do pescado. 

Além das multas, os comerciantes amargaram um prejuízo em torno de R$ 19.830,00 com a mercadoria apreendida que foi doada na manhã de quarta-feira (17) para creches e asilo da região. 

A analista ambiental da Sema, Dejane Ribeiro, ressaltou que alguns estabelecimentos da cidade não estão atentando para a questão da legislação e por causa disso estão sendo punidos por causa disso. A Piracema para as demais espécies tem início em novembro. 

A situação do Pirarucu requer um cuidado maior porque já estão em extinção em alguns rios e lagos de Mato Grosso. A mercadoria apreendida estava cortada em mantas enroladas em plástico pronto para a comercialização dentro de caixas de isopor. 

 

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário