18/10/2016 - Perseguição policial e muitos tiros neste momento no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá

18/10/2016 - Perseguição policial e muitos tiros neste momento no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá

TIROTEIO - Mais de 12 tiros foram disparados agora a pouco de uma camionete preta numa troca de tiros com a Polícia Militar (PM). É grande a movimentação e viaturas das Polícias Militar e Civil, inclusive com apoio de um helicóptero neste momento às proximidade da Panificadora Moinho, localizada no bairro Bosque da Saúde.

A perseguição policial envolve uma A perseguição e a uma camionete preta, de onde pelo menos dois homens fugiram correndo após os disparos de pelo menos 12 tiros em plena luz do tia, na frente de muita gente, na área central de Cuiabá.

TRÊS PRESOS E UM BALEADO – Perseguição policial que começou na Borges Veículo, localizada na Avenida Jornalista Archimedes Pereira Lima (antiga Estrada do Moinho), no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá, terminou com três bandidos presos, um deles baleado.

Quatro ladrões armados, segundo informações do capitão-PM Welison Santos, invadiram a Borges Veículos, do empresário Joilson Borges, renderam todos os funcionário e exigiram as chaves da camionete Toyota Hiluz preta, placa QBO-6333.

Umm dos funcionários ainda relutou em entregar as chaves, mas foi ameaçado de morte e, assustado entrou as chaves. Os bandidos fugiram do local cantando pneus. Logo em seguida a PM foi acionada pelo 190. Uma viatura que estava próxima, saiu em perseguição, que terminou com um tiroteio próximo a Panificadora Moinho, no bairro Bosque da Saúde.

Em alta velocidade e sendo perseguido de perto por uma viatura da PM, o bandido que estava no volante perdeu o controle do carro. Entrou na contramão. Subiu na calçada, quebrou uma mureta e parou porque o pneu dianteiro direito estouro.

Os policiais militares que estavam na viatura logo atrás, começaram a atirar. Foram mais de 12 tiros, mesmo assim os quatro bandidos conseguiram fugir, um deles baleado. Três foram presos e dois deles estão neste momento na Central de Flagrantes. Os três bandidos ainda não tiveram seus nomes divulgados.

O terceiro bandido baleado parfa uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e logo em seguida também será autuado. Os três serão autuados em flagrante em crimes de roubo à mão armada, porte ilegal de arma de fogo e resistência à prisão.

“Estamos aguardando a chegada dos presos à Central de Flagrantes para suas identificações”, ponderou o capitão Santos, em conversa com a reportagem do Portal de Notícias 24 Horas Newsno local da ocorrência.

ASSUSTADO – O empresário Joilson Borges, de 35 anos, também conversou com a reportagem. Ele se disse assustado com a violência. Destacou o empenho da Polícia Militar, mas também criticou a falta de segurança.

“Não só eu, mas todos os empresários, e a própria sociedade, estamos escancarados. Estamos expostos à violência todos os dias. Aliás, eu não sou a primeira vítima e com certeza não serei a última”, ponderou o empresário.

 

 

Trindade/Redação 24 Horas News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário