19/02/2011 - 10h:01 Pedro Henry garante atendimento de crianças pelo Sistema Home Care

O secretário de Estado de Saúde, deputado federal licenciado Pedro Henry, assegurou que nenhum paciente internado pelo sistema Home Care (internação domiciliar) vai ficar sem atendimento. A garantia foi dada às mães que protestaram, nessa sexta-feira (17) na sede da SES, contra o corte de alguns serviços e benefícios, como fraudas, leite e fisioterapia, essencial para recuperação do doente.
Por meio da assessoria, o secretário informou que o corte dos benefícios atingiu apenas três pacientes atendidos pela Help Vida. Atualmente, três empresas prestam este tipo de serviço para o governo: a SOS Resgate, Help Vida e MedSalva. Segundo dados da própria secretaria, cerca de 40 pacientes estão internados domiciliarmente.
Ainda de acordo com assessoria, uma segunda empresa será chamada caso a Help Vida não honre com os compromissos assumidos via contrato. No entanto, a suspensão dos serviços teria ocorrido porque o Estado estaria há pelo menos dois meses sem realizar o repasse.
De acordo com o secretário executivo da SES, Edson Paulino, os pagamentos serão efetuados assim que a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) abrir o orçamento. Contudo, todos os contratos deverão ser reavaliados quanto às especificações e valores.
Este tipo de serviço só é garantido por meio de ordem judicial e a dívida do Estado com as empresas pode ultrapassar os R$ 2 milhões.

 

Da Redação - Alline Marques e Marcos Coutinho