19/02/2013 - Índio é flagrado com carro furtado, mas é solto para evitar tumulto

Um índio da etnia Xavante flagrado dirigindo um carro furtado na Br 070, a 40 km de Barra do Garças, chegou a ser detido na noite de segunda-feira (18) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e conduzido até a delegacia de Barra do Garças por crime de receptação. O indígena Caetano T’serue , da reserva Sangradouro, não permaneceu preso para evitar tumultos na porta da delegacia de Barra do Garçaas que estava cheia de indígenas. 

Caetano estava com uma pick-up Saveiro, cor preta, furtada em Tangará da Serra que estava rodando com placas de um veículo regular de Natal, Rio Grande do Norte. O acusado chegou a dizer que comprou o veículo de boa-fé e alega o desconhecimento que o veículo era furtado. O xavante conta que pagou R$ 8 mil pelo carro. 

Esse não é o primeiro caso de indígena rodando com carro furtado ou robado no Araguaia onde alguns selviculas se aproveitam do preço baixo dos veículos para comprar. Na semana passada, o vereador de Luciara Maurília Farias chegou a ser detido também com veículo clonado. 

O parlamentar foi indiciado por receptação. O delegado de São Felix, Wanes dos Santos Neves, disse que a região é muito visada pelos bandidos para comercializar carros clonados ou roubados. “Estamos trabalhando para mudar essa realidade”, frisou.

 

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

COMENTÁRIOS

Data: 20/02/2013

De: vergonha

Assunto: brasil sem justiça

uma grande verdade se fosse um branco tava na chave....fala que soltaram para não da tumulto e brincadeira,sempre assim quando se refere a índigenas ........isso nunca vai acaba que e isso vamos cria vergonha ..............um exemplo povo da suia missu teve tumulto mais nu tiraram ,que dize ser fosse indigina la então não ia tira ......e brincadeira que agente ver nesse brasil......

Data: 19/02/2013

De: carlos

Assunto: tumutio

na realidade e o direito que não e igual,se foce um branco tava na chave!

Novo comentário