19/02/2014 - Vereadores de São José do Xingu avaliam gestão Raquel Campos

A avaliação feita pelos vereadores sobre a gestão da prefeita de São José do Xingu – MT, Raquel Campos (PSD), onde estão insatisfeitos com atuação da prefeita frente à gestão que tanto a população espera melhorias, mas até o momento pouco foi feito em prol de São José do Xingu. A maioria dos vereadores avaliou a gestão como negativa dentro do cenário político e econômico atual, e reprovam o primeiro ano da gestão.

 

Durante discursos do Presidente da Câmara de vereadores de São José do Xingu - MT, Wanderli Catirinha em nome do legislativo, foi taxativo ao afirmar sobre a avaliação que faz: “É péssimo”. Diz que a avaliação negativa é tanto na articulação quanto na administração. As estradas vicinais de São José do Xingu e do distrito de Santo Antônio do Fontoura - MT estão em péssimo estado de conservação considerada entre as piores da região Norte Araguaia e que poucas parcerias foram feitas com o estado para garantir melhorias. “Estamos cobrando da prefeita Raquel Campos, desde o inicio da sua gestão, não é falta de cobrar, chegamos a produzir imagens de algumas estradas estaduais e municipais, enviamos para as autoridades em Cuiabá, mais de nada adiantou”, disse.

 

Na ala de vereadores insatisfeitos critica-se muito uma postura tecnicista da prefeita, onde revela uma preocupação com o controle das finanças, o que é positivo. Porém, deixa de lado a preocupação social, o que era uma característica marcante do governo passado. Até o momento “nada foi feito”, mas que o tempo ainda é precoce para uma avaliação. Acredita-se que esta dificuldade pode ser herança da gestão anterior, ainda se trata de uma gestão de expectativas. Resultados ainda não se viu diante das expectativas da população. Segundo uma moradora do jeito que anda acha difícil ela conseguir. 

 

A articulação política é apontada como um dos grandes problemas na avaliação dos vereadores. Falta alguém do Executivo que adote um estilo de governo transparente e correto. Falta empenho na execução de serviços básicos de manutenção como limpeza e tapa-buracos. São as críticas que se ouve no dia-a-dia. A administração está muito devagar, erra na articulação política ao não estabelecer relação com a Câmara Municipal. Critica a postura do atual da prefeita em achar que pode “administrar sozinha”, sem o respaldo do Poder Legislativo.


 

Lima Araújo/O Repórter do Araguaia



 

 

 

Comentários

Data: 19/02/2014

De: O ELEITOR

Assunto: avaliação

O respaldo é o costume de extorquir o executivo com propinas..a mamata acabou!!

Novo comentário