18/02/2016 - Desabafo 'Não aguento mais falar disso', diz Lula sobre investigação

Alvo de investigações do Ministério Público Estadual e da Operação Lava Jato sobre um apartamento no Guarujá e um sítio em Atibaia (SP), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez na segunda-feira, 15, um desabafo durante reunião do conselho consultivo da presidência do PT.

‘Não aguento mais falar disso. O Luiz Marinho vai lá em casa e só quer falar disso. Chego no Instituto para trabalhar e só falam disso. Não aguento mais‘, disse Lula, segundo relatos de conselheiros.

A ‘escalada de ataques ao companheiro Lula‘ foi incluída pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão, na lista de temas prioritários da reunião. Diante do desabafo do petista, o assunto acabou ficando em segundo plano. Na semana passada, durante reunião do conselho do Instituto Lula, o ex-presidente já havia evitado o assunto e chegou a interromper uma convidada que insistiu na pauta.

O PT e o Palácio do Planalto esperam uma resposta definitiva de Lula sobre o sítio que utiliza em Atibaia. Segundo o Instituto Lula, o ex-presidente e seus advogados preparam uma ‘resposta cabal‘.

Durante a reunião, Rui Falcão apresentou um texto ‘em defesa de democracia‘ no qual conclama o partido a sair em apoio a Lula. ‘Tarefa muito especial e prioritária neste início de 2016 é a montagem de uma poderosa bateria de ações, recursos, debates e mobilizações de solidariedade a Lula‘, diz o texto. ‘O ataque a Lula é um ataque a determinado projeto de Nação, a todo projeto de Nação que se assente na busca de justiça, igualdade, liberdade, inclusão e participação de todos. O ataque a Lula é a confissão maior, pelas elites golpistas, de que não conseguirão impor o retorno de uma dominação excludente através de qualquer disputa que seja pautada pelo respeito às regras do jogo democrático.‘

Hoje, movimentos sociais que integram a Frente Brasil Popular vão fazer uma manifestação em defesa do ex-presidente na frente do Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, onde está marcado depoimento de Lula para falar sobre o tríplex no Guarujá.

 

 

 

Estadão

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário