19/03/2015 - Parte de morro cede e Perimetral alaga após chuva na Capital

19/03/2015 - Parte de morro cede e Perimetral alaga após chuva na Capital

A marginal do Viaduto Engenheiro Domingos Iglesias Valério, conhecido como Viaduto do Despraiado, na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, ficou alagada na manhã desta quarta-feira (17), após a forte chuva que caiu na Capital

Partes do morro do Despraiado - que se encontra com as obras de muro de contenção suspensas desde o final do ano passado - cedeu e tomou conta da pista. A lama, somada à agua da chuva, dificultou a passagem de carros e motocicletas que trafegavam na via, já que não havia nenhum bloqueio no local.

A via só teve o tráfego interditado por volta das 11h30. Antes disso, para evitar o tráfego pela água, alguns motoristas que seguiam pela pista se arriscavam a invadir a pista ao lado, destinada aos veículos que descem do elevado, aumentando o risco de acidentes.

Trabalhadores de uma empresa que fica ao lado do viaduto - e que preferem não se identificar - afirmaram que essa não é a primeira vez que o local fica alegado.

Segundo um deles, apesar da situação já ser esperada em dias de chuva, o volume de água concentrado no local nesta quarta-feira chamou a atenção.

"Os motoristas correm muito risco de perder o controle da direção e acabar ocasionando um acidente", afirmou.

Interdição e contenção

Em 2013, um deslizamento provocou a interdição da via e a retirada de nove famílias que residiam no alto do morro. No entanto, antes mesmo de solucionar o problema, o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil, liberou o tráfego no local.

A obra para barrar o deslizamento de terra está paralisada, pois, segundo a PPO Pavimentação - empresa responsável -, ainda há pessoas morando no local.

O corte no barranco do Morro do Despraiado para a construção do viaduto foi apontado como o fator responsável para a fragilização da área, o que provocou o desmoronamento e abriu a necessidade da realização da obra de contenção, orçada em R$ 2,8 milhões.

O viaduto

O viaduto do Despraiado foi o primeiro do cronograma de obras da Copa a ser inaugurado pela extinta Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa).

A entrega da obra que custou R$ 18,9 milhões ocorreu em novembro de 2013.

Outro lado

A Defesa Civil do Estado não se pronunciou sobre o caso.

A reportagem tentou contato com a Defesa Civil Municipal, mas ninguém atendeu às ligações.

 

 

Thaiza Assunção 

Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário