19/04/2014 - Xavantes estão felizes na sua terra, mas ainda precisam de remédios

19/04/2014 - Xavantes estão felizes na sua terra, mas ainda precisam de remédios

O bispo emérito de São Félix do Araguaia, Pedro Casaldáliga, em entrevista ao Rdnews, garante que os Xavantes, que recuperaram suas terras na gleba da Suiá Missu, estão felizes, mas cobram mais estrutura por parte da Fundação Nacional dos Índios (Funai). Para Casaldáliga, hoje, a Fundação e o Incra são órgãos secundários dentro da União, que precisa investir mais. “Xavantes me visitaram e reclamam que não têm remédios”, alerta. A reportagem procurou a secretaria especial da Saúde Indígena (Sesai) para saber sobre os investimentos do setor, mas não recebeu resposta até a publicação desta matéria.

Já a Funai garante que está dando apoio aos índios e classificou como “lastimável” o estado de degradação ambiental da gleba da Suiá Missu, que até 2012 era ocupada por produtores rurais. Conforme a Fundação, há dificuldade para o mapeamento de locais de coleta e caça, assim como de abertura de novas aldeias. E, exatamente por isso, estão sendo executadas ações de gestão ambiental e territorial.

Os Xavantes também já deram início ao processo de perambulação no território para o reconhecimento da área devolvida a etnia para a criação da Terra Indígena Marãiwatsédé. Ainda conforme a Funai, desde 2011, são executados projetos de plantio de mudas nativas para produção de alimentos voltados ao autoconsumo. Os Xavantes fazem ainda a atividade de enriquecimento de quintais com mudas de plantas frutíferas.

Até agora, já foram entregues 15.874 mudas de diversas espécies aos Xavantes de Marãiwatsédé. A Funai lembra ainda, que até a desintrusão, os índios podiam usufruir de apenas 10% da reserva indígena, que tem 165 mil hectares. Sendo assim, não conseguiam promover a coleta de frutos e de matérias primas nativas para caçar.

Conforme a Funai, existem pelo menos 1.945 indígenas, sendo 1.009 homens (51,9%) e 936 mulheres (48,1%). Os dados são do censo de 2010, último realizado pelo IBGE. Ex-moradores da Gleba Suiá Missú reclamam que, mesmo com a desocupação, os índios não transitam pelo local e/ou utilizam a área para plantio. A Funai, por sua vez, reforça que a “conclusão” da Operação Tsa’Ãmri, que retirou os não índios do local ocorreu entre dezembro de 2012 e janeiro e 2013, mas que o território continuou vulnerável, tendo em vista que houveram novas invasões em janeiro e fevereiro deste ano, sendo necessário o retorno das forças policiais. “Nesta exata data, contamos com, além da equipe da Funai, apenas a PF”, reforça a Fundação, por meio de nota encaminhada ao Rdnews.

Impasse

O governo federal retirou produtores rurais que estavam na região do Posto da Mata em dezembro de 2012, após uma longa briga judicial. Acontece que eles estavam no local desde 1992, quando a área, que pertencia a Agipi Petróli, começou a ser loteada e vendida. Acontece que, posteriormente, a gleba foi decretada como área indígena pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. De um lado, Ministério Público federal e Funai alegam que eles são posseiros, já os produtores garantem que pagaram pelas terras e que têm direito sobre elas e/ou que precisam ser indenizados.

 

 

Patrícia Sanches

Comentários

Data: 21/04/2014

De: o eleitor

Assunto: indios

Se faltasse só remédios anda se daria um jeito..é público e notório ver esses mesmos índios " felizes" como verdadeiras escória da humanidade recolhendo restos de ossos nos açougues e restos de comida em restaurantes em cidades que fazem divisas com esta área porque já foram acostumados as cestas básicas e isso não é de ouvir falar não..eu presenciei essa triste realidade vendo com meus próprios olhos, e promessas que todos nós sabemos da ineficiência da Funai por parte dos índios e o Incra pelos trabalhadores sem terras que um dia foram as pérolas de Dom Pedro..mas hoje o que da mais dinheiro é causa indigenista em que os mesmos são sempre sempre enganados por aqueles que se apresentam como seus interlocutores e bem intencionados protetores, os reúnem como um velho costumes do nordeste nos tempos dos coronéis e eles tem que ler a cartilha ideológicas com todo tipo de engano enfim uma ditadura sociológica!

Data: 20/04/2014

De: PATRAO

Assunto: TUDO MENTIRA

É SO IR LÁ,PRA VER QUE OS ÍNDIOS,NÃO CAÇAM,NÃO PESCAM,PORQUE SIMPLESMENTE ELES NÃO SÃO DE LÁ,O CEMITÉRIO DELES FICAM NA BEIRA DA ESTRADA DE SERRA NOVA PRO ALTO BOA VISTA.OS INDIOS SÃO DE CERRADO,O RIO XAVANTINHO TEM ESSE NOME É POR CAUSA DOS XAVANTES,CARAJÁS OU TAPIRAPÉ,OLHA A DISTANCIA DO CEMITÉRIO DELES PRA SUIA..

Data: 21/04/2014

De: eu

Assunto: Re:TUDO MENTIRA

vc deveria ter vergonha de afirmar isso... se não sabe de nada melhor ficar calado! a terra é deles sim, todo o território ali é area xavante... além do mais eles caçam, pescam, coletam, plantam, trabalham duro em sua terra, mas não ficam moscando para fazendeiro posseiro e gente mentirosa que nem vc ver, para não morrer!

Data: 21/04/2014

De: tu

Assunto: Re:Re:TUDO MENTIRA

Verdade o Brasil era todos deles arranjem lugar pra toda a população desse pais e distribua entre Espanha, Portugal, Holanda, França enfim todos os países que exploravam e assaltavam e escravizaram todos esses índios..duvido que eles nos querem por lá....e todos já sabiam que essa Funai falida e esse governo corrupto de os Petralhas (PT). não dão conta de dar dignidade a esses índios bem como tantos outros que morrem de inanição fome e doenças por esse pais..sendo objeto de manobra na mãos de espertalhões da Funai bem como essas ongs que os representa mantendo seus cargos com vultosos salário com verbas públicas e poucos fazem quando não muito para receberem mais dinheiro e eles vivem no mais completo abandono...eu sei que a verdade dói..mas ela esta ai nua e crua patente aos olhos de quem quiser ver..tenho dito

Data: 22/04/2014

De: Osmar Kant

Assunto: Re:Re:Re:TUDO MENTIRA

Sábias palavras de quem tem conhecimento histórico. Quem sabe, sabe!!

Data: 22/04/2014

De: PATRAO

Assunto: Re:Re:TUDO MENTIRA

KKKKKKKK...MENTIROSA,EU ESTIVE LÁ MA ALDEIA,ELES PESCAM AONDE SE LÁ NÃO TEM RIO,ELES COLETAM AONDE SE LÁ NÃO TEM ARVORES,VC PODE IR QUASE TODA NOITE NO RESTAURANTE DO ARNÔ,QUE VC VAI ENCONTRAR O DAMIÃO E UM MONTE DE ÍNDIOS JANTANDO LÁ,ENTÃO PROCURA SE INFORMA PRIMEIRO PRA RESPONDER,OK.

Novo comentário