19/05/2014 - Com ameaça de greve geral, Grande Cuiabá fica sem ônibus por mais de duas horas

O Sindicato dos Transportadores Urbanos se reuniu neste domingo (18) no começo da tarde para discutir as estratégias para a greve que deve acontecer na próxima terça-feira (20), caso não haja acordo da categoria com as empresas de ônibus da grande Cuiabá. Por conta disto o serviço ficou comprometido já que 100% da frota acabou parando por algumas horas. 

A assessoria de imprensa do sindicato disse ao Olhar Direto que: “a paralisação foi feita para deixar os trabalhadores cientes da situação e explicar o que está sendo feito para a greve que deve acontecer na terça-feira, caso não haja o acordo”.

Ainda segundo a assessoria a reunião já foi encerrada. Por conta disto, o serviço ficou suspenso para a população das 12 horas ás 15 horas. As empresas ofereceram apenas 4,75% de reajuste, enquanto os trabalhadores pedem 7,15%. “O sindicato pede R$ 1.800,00 de salário, R$ 400 de ticket alimentação e mais 250 de comissão. Porém, a proposta ainda não foi aceita”, afirma a assessoria.

Por conta disto, vários usuários do transporte público acabaram prejudicados neste domingo, principalmente os que pretendem ir até a Arena Pantanal para acompanhar a partida entre Santos e Atlético Mineiro que acontece ás 17h30 (horário local). O problema pode atrasar a chegada de várias pessoas no estádio. Muitos já reclamaram que o serviço continua paralisado e deficiente na capital.

 

Wesley Santiago

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário