19/06/2014 - Quando um Rússia x Coreia, em Cuiabá, se tornou "um show"

Reportagem especial do site da revista Veja destacou a festa das torcidas da Coreia do Sul e da Rússia, coadjuvadas por torcedores cuiabanos, como o "diferencial", "uma festa à parte", no jogo entre as duas seleções, na terça-feira (17), na Arena Pantanal.

"O encontro entre Rússia e Coreia do Sul, em Cuiabá, tinha tudo para ser um dos jogos mais pobres desta Copa do Mundo. No gramado, vinte e dois atletas desconhecidos e seleções inexpressivas. Nas arquibancadas, algumas cadeiras vazias, e um público pouco habituado a frequentar estádios. O palco da festa, fortíssimo candidato a elefante branco, ainda estava inacabado. O cenário ideal para uma tragédia esportiva estava montado", diz a reportagem. 

Com efeito, dentro de campo, a expectativa se confirmou: a partida foi fraca, decidida com uma falha imperdoável do goleiro russo e uma rebatida na área asiática que mais lembrou um Mixto x Operário, o principal clássico mato-grossense. 

"No entanto, assim como aconteceu no jogo entre Chile e Austrália, na semana passada, Cuiabá viveu um dos dias mais especiais de seus 295 anos de história, graças à mágica da Copa do Mundo de futebol", diz Veja.

E cita que o espetáculo, na realidade, começou ainda na segunda-feira (16), quando uma multidão de russos e sul-coreanos lotou os bares do centro da Cidade Verde. 

"Uma feliz coincidência potencializou ainda mais as comemorações: o segundo jogo da Copa em Cuiabá aconteceria uma hora após a partida entre a seleção brasileira e mexicana, em Fortaleza. Segundo a Polícia Militar de Cuiabá, 43.000 pessoas compareceram à Fan Fest mato-grossense da Fifa para assistir ao empate em 0 a 0 da equipe anfitriã. Por lá, pontos vermelhos se misturavam ao mar de camisas verde e amarelas. Eram os russos e sul-coreanos que deixaram para trás qualquer barreira cultural ou linguística e já estavam devidamente entrosados, em meio a gritos de ‘Neymar’ e ‘Brasil’", completa a reportagem.

 

Da Redação

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário