19/06/2015 - Workshop do Imea leva informações sobre soja a jornalistas de Mato Grosso

Mais de 40 jornalistas de Mato Grosso participaram do primeiro módulo do Workshop “Jornalismo Agropecuário, uma oportunidade para a sua carreira”, realizado ontem (17/06) pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) em parceria com outras entidades do agronegócio do estado. Neste primeiro encontro, o gestor técnico do Imea, Ângelo Ozelame, e a trainnee da soja, Tainá Heinzmann, apresentaram um panorama geral da soja e as formas  de comercialização do grão.

Protagonista na produção de grãos no Brasil, Mato Grosso colheu na última safra de soja 27,87 milhões de toneladas, o que representa 29% da produção brasileira da oleaginosa. “Neste contexto, nós queremos mostrar aos jornalistas todo o processo da produção da soja em Mato Grosso, inclusive como o Imea chega aos dados que são apresentados semanalmente à imprensa. Acreditamos que esses encontros são uma grande oportunidade de troca de conhecimento entre a imprensa e o setor que sustenta a economia do Estado”, disse o presidente do Imea, Rui Prado, que abriu o evento. 

O curso é destinado para jornalistas que atuam nos veículos de comunicação e nas assessorias de imprensa de Mato Grosso. Em cada módulo será abordada uma cadeia produtiva. A jornalista da TV Centro América, Eunice Ramos, participou do primeiro módulo e já organizou a sua agenda para estar presente nos próximos. “Ampliar nossos conhecimentos sobre o agronegócio é fundamental para que possamos produzir um bom trabalho e aumentar o nosso leque de pautas. Estou muito contente de estar aqui e já estou adequando minhas datas para conseguir participar dos demais módulos”.

“É importante que tenhamos fundamentação para desenvolver nossas matérias de forma que possamos trazer respostas e não suscitar dúvidas. O workshop, da maneira que está sendo feito, está trazendo as informações necessárias para desenvolvermos o nosso trabalho”, avaliou o jornalista das TVs Band e TV Universitária, Wagner Zanan.

Para o gestor técnico do Imea, Ângelo Ozelame, o primeiro módulo do curso superou as expectativas. “Os jornalistas que compareceram estavam muito atentos a tudo que falávamos e com muita vontade de aprender, isso nos dá um entusiasmo ainda maior para passarmos o conhecimento que temos no Imea”.

Os cursos são realizados pelo Imea com o apoio das entidades: Famato (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso), Senar-MT (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Acrimat (Associação dos Criadores de Mato Grosso), Ampa (Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão), Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso) e Aproleite (Associação dos Produtores de Leite de Mato Grosso).

 

Os próximos módulos serão sobre milho (01/07), algodão (05/08), pecuária de corte (02/09), leite (07/10) e conjuntura econômica (04/11).

 

O Imea faz parte do Sistema Famato que também é formado pelas entidades Famato, Senar e 88 Sindicatos Rurais.

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário