19/07/2011 - 08h:15 Arena Pantanal recebe estrutura para arquibancadas

Trabalho leva em conta construção de uma arena multiuso, diz Eder Moraes

As obras da Arena Pantanal receberam, nesta segunda-feira (18), 150 toneladas de estrutura metálica para a construção das arquibancadas norte e sul do estádio, que sediará partidas da Copa do Mundo de 2014. São cerca de 150 toneladas de metal que começarão a ser instaladas assim que a etapa de fundações, que já está 96% concluída, for encerrada.

Ao todo, o material custou R$ 78 milhões e, até o final deste ano, a expectativa é de que a entrega chegue ao total de 9 mil toneladas. O equipamento vem de Ribeirão Preto (SP) e Rio de Janeiro.

Os materiais são desmontáveis, obedecendo assim ao projeto de estádio multiuso. Todas as etapas das obras ainda obedecem às técnicas de valorização da sustentabilidade.

Para o presidente da Agecopa (Agência Estadual de Execução de Projetos para a Copa do Mundo 2014), Eder Moraes, a aplicação deste material metálico revela que as obras da Arena Pantanal estão em níveis adiantados.

"É uma demonstração muito clara de que as obras estão aceleradas e as estruturas metálicas estão prontas para serem instaladas aqui. Revela, também, que o cronograma está sendo cumprido e espero que este fato, por sermos a obra mais adiantada em relação aos que demoliram seus estádios, sirva de exemplo para a preparação as cidades sedes", disse, durante entrevista coletiva, no canteiro de obras.

Eder Moraes ainda descartou a possibilidade de a Arena Pantanal transformar-se em um "elefante branco", ou seja, em um espaço sem utilidade pública, após sediar partidas da Copa do Mundo.

"Há uma estrutura remanejável que obedece aos critérios de sustentabilidade, para rechaçar de vez qualquer possibilidade de o estádio se transformar em um elefante branco. Já está planejada uma gestão pós-Copa: o local vai abrigar um shopping center ou uma universidade e, até mesmo, uma rede de hotéis", revelou.

Nova cobertura

Para acelerar a conclusão da obra e entregá-la no prazo inicial de dezembro de 2012, o presidente da Agecopa avaliou a possibilidade de aplicar aditivo de R$ 20 milhões nas obras da Arena Pantanal, para alterar o modelo de cobertura do estádio.

Trata-se do modelo de "concreto protendido tensionado", que tem instalação feita em curto prazo, aumentando a possibilidade de a Arena Pantanal ser concluída em dezembro de 2012.

"Está em fase de avaliação porque a alteração na cobertura do estádio é viável e encurta o prazo de entrega da obra em, no mínimo, 3 meses. Porém, estamos avaliando o impacto disso no orçamento. É o sistema mais moderno que existe e explorado pelos países de primeiro mundo", explicou o presidente.

 

RAFAEL COSTA
DA REDAÇÃO

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário