19/07/2014 - Jovens adventistas visitam Karajás na Ilha do Bananal

Inácio Roberto - (São Félix do Araguaia) - Um grupo de jovens adventistas do 7º Dia, de Água Boa, visitou São Felix do Araguaia no final da semana passada. Eles passaram quatro dias acampados em uma das mais bonitas regiões do interior do país. Os água-boenses também fizeram trabalho humanitário visitando uma das aldeias dos nativos Karajás na Ilha do Bananal, em Tocantins.

O grupo foi comandado por Alex Venâncio Barbosa e pelo pastor Ronaldo Andrade. Lá, eles foram recepcionados pelo pastor da Igreja Adventista do 7º Dia (IASD), Miraldo Oliveira, que é da etnia Guarani/Caingangue do sul do país.

Ao fazerem contato com a etnia Karajá, os água-boenses constataram as condições precárias em que esse povo vive. A maior renda dos Karajás vem da venda de artesanato e pescado para turistas, principalmente pessoas oriundas de outros estados e países. Porém, o ponto alto desse faturamento ocorre durante a temporada de férias nessas famosas praias de água doce do mundo.

A beleza da paisagem contrasta com as péssimas condições de acesso a uma das regiões mais bonitas do interior brasileiro. O acesso é por estrada de chão batido com mais de 200 quilômetros por asfaltar. O asfalto já deveria ter chegado à São Félix do Araguaia a pelo menos 20 anos, devido ao potencial turístico com majestosas praias de água doce em um rio que corta o Brasil central rumo ao norte.

A Igreja Adventista do 7º Dia mantém um templo na Ilha do Bananal, porém o pequeno grupo necessita de ajuda para construir um local para os jovens e crianças Karajás poderem participar das atividades da Escola Sabatina. Durante a temporada da estiagem, os jovens e crianças se reúnem sob a sombra das árvores, mas quando chove, estas classes não funcionam por falta de espaço físico adequado. O pastor Miraldo afirma que é com grande sacrifício que a Igreja mantem as atividades missionárias na Ilha do Bananal. Segundo ele, as atividades recreativas com outras igrejas tem sido o ponto alto para atrair os Karajás, sendo que mais de 50 já estão integrados à IASD.

 

 

 

Comentários

Data: 21/07/2014

De: eu

Assunto: muito bom

Ja critiquei, quando tenho que criticar, mas e isso que quero ver desse jornal, noticias local, pois aqui não tem outra fote que poso saber do que acontece, em nossa cidade, parabéns por essa noticia, assim poço ligar para um amigo e falar assesa o reporte do araguaia e ver o que estar la, parabéns.

Novo comentário