19/08/2011 - 08h:30 Frente fria deve aliviar baixa umidade em Mato Grosso

De acordo com o Inmet, o índice no Estado deve ficar ao redor de 20% nesta semana

 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta quinta-feira (18), um novo aviso meteorológico sobre a baixa umidade do ar em 11 Estados do país - entre os quais, Mato Grosso - e o Distrito Federal.

De acordo com o Inmet, o índice nestes estados deve ficar ao redor de 20%, o que caracteriza "estado de alerta", segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Estão com baixa umidade do ar, nesta quinta, os estados de Mato Grosso (Norte), Bahia (regiões centro e oeste); São Paulo (com exceção das regiões Sul e Leste); Goiás, Minas Gerais (exceto região leste); Maranhão e Pará (região Sul) Piauí (região Centro-sul); Tocantins e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

- Os índices estão baixos, mas não estão diferentes do que foi registrado no ano passado nesta época do ano - diz a meteorologista Márcia Seabra, do Inmet.

Em algumas localidades do país, o ar ficou tão seco, nesta semana, que chegou-se ao estado de emergência, segundo os critérios da OMS (umidade do ar menor do que 12%).

No município de Posse, norte de Goiás, uma estação meteorológica automática do Inmet registrou apenas 8% de umidade relativa do ar entre as 14 e 15 horas. Brasília, na segunda-feira, também teve umidade do ar de a 10%. Até na orla de algumas cidades, a umidade do ar registrou índices muito baixos.

- No Rio de Janeiro, a estação meteorológica do Forte de Copacabana registrou umidade do ar de apenas 23% por volta de 12h desta quarta-feira - diz Márcia Seabra.

Em São Paulo, 363 municípios estão proibidos de fazer a queima da palha da cana por tempo indeterminado por causa da baixa umidade do ar. A determinação entrou em vigor nesta quarta, a partir das 6h, já que o índice ficou abaixo de 20% na terça nas cidades.

A retomada da queima ocorrerá quando a umidade relativa média atingir valores iguais ou maiores que 20%. A capital registrou umidade do ar de 14% na tarde desta quarta, a mais baixa do ano.

Frente fria

De acordo com o Inmet, essa situação deve se prolongar na maioria dos estados até a próxima semana, com exceção de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, que devem sofrer influência de uma frente fria que se desloca da região Sul.

A frente fria deve ser acompanhada de ventos fortes e chuva, seguida por uma intensa massa de ar polar, derrubando a temperatura até sábado. Para o Rio Grande do Sul, a temperatura mínima prevista para sábado é de 1°C. No domingo, a mínima prevista é de -3°C, com máxima de 12°C. Em Santa Catarina, a mínima prevista para o domingo é de -4°C.

Segundo previsão do serviço de meteorologia do governo de Santa Catarina (Epagri.Ciram), a massa polar deve ser uma das mais intensas do inverno, e deve atingir até a parte ocidental da Amazônia.

 

DA REDAÇÃO

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.