19/08/2015 - Não sou tucano emplumado, sou um soldado a favor do Brasil, diz Taques

O governador Pedro Taques, que oficializou nesta terça (18) a filiação ao PSDB e deve assumir a vice-presidência nacional da sigla, afirma que não pretende se comportar como membro da cúpula. “Não sou um tucano emplumado, ou um soldado a favor do Brasil”, explica em entrevista ao Rdnews.

 

Taques também diz que escolheu o PSDB por acreditar que o partido representa o futuro. Além disso, ressalta que os tucanos defendem os princípios e valores colocados em prática pelo Governo, nos quesitos de eficiência administrativa e avanço das políticas sociais.

 

Sobre a repercussão do anúncio no Senado, onde lideranças como Cássio Cunha (PSDB-PB), José Serra (PSDB-SP), Blairo Maggi (PR-MT) e José Medeiros (PPS-MT) usaram a tribuna para comentar a decisão de aderir ao PSDB, o governador diz que a consideração não é pessoal. “Os senadores consideraram o que Mato Grosso produz e faz pelo Brasil”, conclui, se referindo à importância do agronegócio para a economia nacional.

 

A filiação de Taques ao PSDB foi confirmada pelo senador por Minas Gerais Aécio Neves, presidente nacional do partido, em entrevista aos jornalistas que cobrem o Congresso Nacional. O dirigente também anunciou a realização de ato político no Estado, no dia 29, para sacramentar a adesão do governador com a presença de lideranças e militantes da sigla.

 

Com a adesão de Taques, o PSDB passa a contar com seis governadores. A lista inclui Geraldo Alckmin (SP), Beto Richa (PR) Marconi Perillo (GO) Simão Jatene (PR) e  Reinaldo Azambuja(MS).     

 

 

Jacques Gosch

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário