19/08/2016 - Focos de calor avançam 101,65% em MT

19/08/2016 - Focos de calor avançam 101,65% em MT

Número de focos de calor já é 101,65% maior em Mato Grosso do que o registrado no mesmo período do ano passado, com relação ao período proibitivo de queimadas que iniciou-se no dia 15 de julho. O índice para os outros estados da Amazônia Legal é de aumento de 38,88% e no quadro geral do Brasil cresceu 41,25%.

No dia 4 de agosto foi registrado o maior número de focos de calor com 867 registros no Estado.

Estudo aponta que 63,74% dos focos de incêndios registrados este ano em Mato Grosso ocorreram em propriedades privadas. O restante é distribuído em Projetos de Assentamento (5,24%), Terras Indígenas, (25,97%), Unidades de Conservações Federais e Estaduais, (1,49%) e os (1,78%) restantes na região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (1,77%).

Analise foi feita entre o período de 1º de janeiro e o dia 15 de agosto de 2016.

Dos nove estados da Amazônia Legal, Mato Grosso lidera no número de focos, com 13.846 registros. Tocantins fica em segundo lugar com 7.148 focos, o Pará com 6.356 está em terceiro lugar, seguidos de Maranhão (4.791), Amazonas (4.126), Roraima (3.164), Rondônia (2.882), Acre (1.367) e
Amapá (39).

Relatório é apresentado com base nas ações do Batalhão de Emergenciais Ambientais (BEA), do Comando dos Bombeiros do Estado, sob o comando do tenente-coronel Bombeiro Paulo André da Silva Barroso. 

 

 

Silvana Ribas, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário