19/10/2015 - Com presença de Taques, Centro de Treinamento do Algodão é inaugurado em Sorriso

Localizado em uma área de 130 hectares com auditórios e salas de treinamento, Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Norte foi inaugurado neste sábado, 17 de outubro, em Sorriso. A inauguração do espaço voltado para capacitação de mão de obra no setor algodoeiro e realização de pesquisas, alem da difusão de novas tecnologias, contou com a presença do governador Pedro Taques que destacou a reestruturação do Programa de Incentivo ao Algodão de Mato Grosso (Proalmat).

Ao todo cinco centros serão construídos. Sorriso foi o primeiro. O Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica é uma iniciativa da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), construído através de um projeto do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMA) com apoio financeiro do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA).

Os outros quatro estão previstos, de acordo com a Ampa, para inaugurar até o final de 2016. Os demais Centros de Treinamento e Difusão Tecnológica estão localizados em Rondonópolis (Núcleo Regional Sul), Campo Verde (Núcleo Regional Centro), Campo Novo do Parecis (Núcleo Regional Médio Norte) e Sapezal (Núcleo Regional Noroeste).

Os trabalhos no local serão desenvolvidos por meio de uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

Conforme o presidente da Ampa, Gustavo Piccoli, o centro "é um divisor de águas para a região norte de Mato Grosso. Nós estaremos treinando mão de obra, capacitando as pessoas para trabalharem no setor do agronegócio e difundindo novas tecnologias que trarão grandes frutos para região".

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, destacou a importância do Centro de Treinamento para o Estado, além da parceria que a Ampa possui com o Governo na produção de 800 mil uniformes escolares para estudantes da rede estadual de ensino.

"O centro de treinamento é de extrema importância. Vai qualificar, formar trabalhadores e afastar de Mato Grosso o apagão de mão de obra”, pontuou Taques, ressaltando a reestruturação do Programa de Incentivo ao Algodão de Mato Grosso (Proalmat).

 

 

Da Redação - Viviane Petroli

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário