20/12/2012 Morreu aos 83 anos viúva de Leonardo Villas Boas (Atualizada)

É com muita tristeza que informamos aos amigos, comentaristas e leitores que a senhora Hilda Maria Soares conhecida como Maria Villas viúva de Leonardo Villas Boas Faleceu no último dia 07 de dezembro aos 93 anos Hilda Maria Soares conhecida como Maria Villas Boas. Maria Villas Boas faleceu no dia 07 de dezembro em São Félix do Araguaia – MT. A nota diz que sua morte foi devida uma pneumonia.. Durante sua vida, Maria Villas Boas ficou conhecida como "a viúva de Leonardo Villas Boas".

Lutou indomavelmente para rever a filha Marina gerada por ela, mas que não quis saber da mãe mesmo sabendo seu estado de saúde e um dos seus últimos desejo.

Nascida no dia 11 de Novembro de 1929 na cidade de Bom Jesus – PI, , moradora de São Félix do Araguaia, no nordeste de Mato Grosso, afirma ter sido companheira de Leonardo Villas Boas por 11 anos. Com ele teve três filhos Marina, Mariza e Álvaro e o acompanhou até sua morte em 1961.

 

Maria Villas Boas e Leonardo Villas Boas casaram e moraram em Macaúba (GO) e, em seguida, se mudaram para São Félix do Araguaia. A família ficou lá por algum tempo até que o indigenista foi transferido para Nova Xavantina, a 651 quilômetros da capital, para trabalhar como chefe regional da Fundação Nacional do Índio (Funai). "A minha mãe conta que ele [Leonardo] sempre teve contato com os irmãos [Cláudio e Orlando]", frisou.

Depois da morte de Leonardo Villas Bôas, a família dele foi de avião de Mato Grosso para São Paulo, onde o corpo do sertanista foi sepultado. Porém, quando iriam retornar uma das irmãs de Leonardo pediu que Maria deixasse as crianças para estudar, mas ela se recusou. Então, propuseram que ao menos Marina, que era a mais velha, ficasse na capital paulista e garantiram que ela visitaria a mãe uma vez por ano, o que não ocorreu, como conta Terezinha, com base no que tem ouvido da mãe todos esses anos. "Ela [Marina] nunca conversou com a minha mãe depois que ficou lá [São Paulo], nem mesmo por telefone", reclamou.

 

Em seguida a família Villas Boas entrou em contato com Maria para lhe oferecer ajuda, ela pediu uma casa em São Félix do Araguaia (MT), cidade onde vivera anos antes com Leonardo, quando ele exercia o cargo de delegado da cidade. A família Villas Boas também levou a filha mais velha do casal, Marina, para estudar com a condição de que a menina viesse visitar a mãe todos os anos. Marina nunca mais voltou e a família Villas Boas nunca mais entrou em contato. Maria criou Álvaro e Mariza que morreu quando ainda jovem.

Mesmo que a existência desse casamento seja negada pela história oficial, a família Villa Boas de São Paulo sabe da existência desses Villas Boas de MT. Pois os produtores do filme O Xingu encontraram o filho mais novo de Maria, Álvaro Villas Boas que atualmente mora em Alto Boa Vista, cidade vizinha de S.F.A e com o filho de Leonardo negociaram os direitos autorais da obra.

 

Maria Villas Boas foi uma guerreira, mulher de fibra, mas infelizmente alguns políticos como sempre prometeram várias homenagens inclusive o Deputado Estadual por Mato Grosso Airton Português ao tomar conhecimento da noticia vinculada em todos os sites de mato grosso de iniciativa do “JORNAL O REPÓRTER DO ARAGUAIA” retratando a vida da viúva do saudoso Leonardo Villas Boas, se comoveu e disse numa sessão da Câmara de vereadores de São Félix do Araguaia que daria entrada em um Projeto de Lei que propunha título de cidadania a Ilda Soares conhecida como “Maria Villas Boas” de 93 anos de idade, para o deputado Leonardo Villas Boas um dos sertanistas mais importantes da nossa história e que muito serviu um dos mais importantes presidentes do Brasil o inesquecível Juscelino Kubichek, mas infelizmente o deputado não cumpriu a promessa.

 

A neta de Leonardo Villas e Maria Villas Boas Kelly Regina, a Kellynha, filha de Mariza Villas Boas, diz se sentir orgulhosa pela história de seu avô, Leonardo Villas Boas como sertanista, que foi, por sua história na ocupação do Centro Oeste brasileiro, reclama reconhecimento na História dos Irmãos Villas Boas. Kelly, diz não estar querendo provar que é uma Villas Boas, pois isto já está provado por documentos como certidões de nascimento e casamento, o que ela quer buscar agora é o direito de ser reconhecida na história que segundo ela está errada.


Kelly conta que com a morte de Leonardo, os demais parentes, procuraram excluir essa parte da família Villas Boas da história e diz não estar querendo provar que é uma Villas Boas, pois isto já está provado por documentos como certidões de nascimento e casamento, o que ela quer buscar agora é o direito de ser reconhecida na história que segundo ela está errada.

“Não estou falando dos outros, estou falando de Leonardo Villas Boas que é meu avô, pai de minha mãe, Mariza Villas Boas, no entanto ficamos excluídos dessa historia, essa historia não está sendo verídica, está errada, essa historia tem que mudar, eles tem que entender que nós somos Villas Boas, nós somos existentes e vivemos aqui em São Félix do Araguaia, mais nós nunca fomos reconhecidos“. Desabafa, Kellynha.     

A família vai reclamar os direitos sobre a produção do filme “Xingu”, e outros direitos que de fato são seus.

 

O Diretor do Filme Xingu Cao Hamburger em uma entrevista afirma Leonardo, o caçula, sai da expedição por ter engravidado uma índia. Os Villas-Bôas são seus heróis imperfeitos? Xingu nasceu de uma sugestão feita à produtora O2, de Fernando Meirelles, pela família Villas-Bôas. “Tenho um problema sério com essa palavra, mas, se tivesse que considerar alguém com herói, os irmãos Villas-Bôas estariam na minha lista. É possível falar sobre heróis sem estereotipá-los, sem mentir, sem mostrar apenas o lado politicamente correto da personalidade dos protagonistas. Acho que a possibilidade de descrevê-los como personagens tridimensionais, com conflitos e qualidades, só foi possível graças ao esse acordo que fizemos com os herdeiros dos irmãos”, Concluiu.
 

Com essa afirmação do diretor a família de Leonardo Villas Boas da cidade de São Félix do Araguaia questiona que em nenhum momento foram procurados pelo diretor Filme Xingu Cao Hamburger.


Para a família que reside na cidade acima de tudo além da saudade, a certeza que não deixamos de dar a atenção que ela precisava que foi a todo tempo, cuidada para alívio dos seus sofrimentos.

 

Maria Villas Boas deixou filhos, netos e bisnetos.

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

Comentários

Data: 30/12/2012

De: Joanilson soares bastos

Assunto: Saudade

sou neto de Maria villas Boas .moro em São Paulo sou filho de Terezinha de jesus Soares filha mais velha de Ilda Maria Soares mais conhecida como Maria Villas Boas
Lembro de minha avó com orgulho pela mulher de fibra que soube conquistar
o respeito de toda uma cidade,.A história de vida de Maria e Leonardo villas Boas importa é o que ela viveu com ele teve filhos e foi feliz. O resto é especulação! sinto saudade de minha avó com quem aprendi a respeitar e dar valor ao que realmente importa .Que Deus a tenha em um bom lugar

Data: 30/12/2012

De: Mônica

Assunto: lamentável

Agora entendo a história tão mal contada neste filme, com tantas lacunas, reticências, vergonhosamente manipulada por herdeiros medíocres e preconceituosos. lamentável.

Data: 29/12/2012

De: Helenice

Assunto: história

De tudo,que foi dito,a única coisa a se lamentar,que não tem desculpa,é o fato dessa filha Mariza,não ter procurado rever sua mãe biológica,e independente do que tenha acontecido de fato,na época,dar-lhe essa última alegria.Sou mãe,essa senhora Mariza,deve ser também,então sabemos a dimensão da dor e da melancolia dessa mãe Ilda Maria,que agora já se foi,sem nem ao menos,receber um abraço de uma filha perdida há tanto tempo.Lamentável que existam seres humanos com esse coração de pedra.Mas a vida um dia nos cobra,nada fica ao acaso.Tenho muita pena de Mariza,perdeu uma boa oportunidade de ser e fazer feliz.

Data: 29/12/2012

De: Helenice

Assunto: Re:história-Retificando

Errei,ou melhor,troquei os nomes das filhas de Dona Ilda Maria,a filha procurada era Marina e não Mariza,que já é falecida.

Data: 29/12/2012

De: Patrícia

Assunto: História

_ É um absurdo Marina Villas Bôas não querer o contato com a mãe Hilda Maria Soares! Infelizmente a mãe morreu sem realizar o seu último desejo!
_ Deus a tenha em bom lugar Dona Maria!

_ A globo poderia até ter citado Dona Maria, já que ela teve filhos com Leonardo Villas Bôas. Mas, Xingu conta a história da desbravação de uma pequena região do nosso Brasil e do primeiro contato do homem branco com índios de várias etnias, que aconteceu de forma pacífica pelos irmãos Villas Bôas. Não está sendo contada uma história de caráter pessoal e sim nacional. É uma parte da história do nosso país que ficou conhecida mundialmente e que não pode ser esquecida. Sendo assim, o Brasil teria maior interesse em saber como foi a história de Leonardo com a índia que ficou grávida e se ele teve contato com o bebê fruto dessa relação indígena. Não é interessante abordar a história de uma outra família que um dos irmãos Villas Bôas tenha contruido fora das aldeias indígenas e que nem viveu no Xingu.


_ Se a esposa de Orlando foi citada, é porque ela realmente ajudou a construir a história do Xingu quando atuou com enfermeira dentro das aldeias indígenas.

Data: 29/12/2012

De: Rosânia Maia Vicente

Assunto: História

Essas pessoas deveriam aparecer,m serem aceitas,acabei de ver Xingu na Globo,mais fiquei triste ao ler este texto.Eles também fazem parte da história e não podem ser excluídos.

Data: 28/12/2012

De: Rosemeire Bastos

Assunto: Hipocresia

Como sempre os pobres são sempre escondidos ou excluidos, isto é em toda familia que tem um lado rico, infelizmente não é só com a familia Vila Boas que ocorre isto. Espero que a globo poderosa como sempre refaza ou pelo menos de uma satisfação desta história mal contada, a oportunidade esta ai né...

Data: 28/12/2012

De: Claudinei E Nascimento

Assunto: Reconhecimento

A minisserie exibida pela Globo deveria ao menos falar sobre ela. Reconhece-la como parte da historia é uma obrigacao.

Data: 21/12/2012

De: Marcos Miranda

Assunto: Maria Villas Boas

Dona Maria Villas boas, pilar de uma família, foi-se deixando a história de uma das pioneiras de São Félix do Araguaia

Deus a tenha em bom lugar.

Condolências a toda família, na vida temos o começo, meio e fim para todos, somos passageiros da aeronave guiada por Deus, ele sabe a hora que temos que ir.

Data: 20/12/2012

De: Georthon Brito (Grajaú) e familia

Assunto: Pêsamos pela morte de Dna Maria Vilas Boas

Neste momento fiquei triste ao saber da morte da então admirada por mim de Dna Maria Vilas Boas, e só me resta rezar por ela e dar meus pêsamos aos familiares, principalmente ao Alvaro, Magali, Paulinho e Kelinha mais proximos do convívio.
Que vocês ergam a cabeça e continuem a vida!

1 | 2 >>

Novo comentário