19/12/2015 - Presa quadrilha que movimentou R$ 1,6 milhão com vendas no camelô em Cuiabá

19/12/2015 - Presa quadrilha que movimentou R$ 1,6 milhão com vendas no camelô em Cuiabá

Nove pessoas foram presas, entre elas, um advogado e um policial civil acusados de integrarem quadrilha especializada no roubo e venda de produtos, em Cuiabá, durante a Operação "Mercatore", deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (18).

Apontado como líder do bando,João dos Santos Filho, era chamado de "Pai", em referência ao personagem da novela "A Regra do Jogo". A mulher dele, Andrea Cristina Moura Figueiredo Santos e o filho, Felipe Figueiredo Santos, também integravam o esquema e foram presos.

Além deles foram presos Florival Dantas Neto, Fábio José Prado Gomes, Odair Coelho Vaz, Ronildo da Mata Nascimento, Augusto Rieiro Amorim e Marcel Abe. Um continua foragido e outros 11 foram conduzidos para a delegacia para prestarem depoimentos.

De acordo com as investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), a quadrilha é responsável por cerca de 90% dos roubos de cargas na grande Cuiabá. Os produtos eram vendidos em 4 quiosques lotados no Shopping Popular. Centenas de materiais foram apreendidos. A mercadoria receptada tinha os selos trocados e enviados para os camelôs no shopping. As 4 barracas foram lacradas. 

Delegada Elaine Fernandes aponta que o grupo atua há vários anos, e movimentou cerca de R$ 1,6 milhão, em 60 dias. As investigações iniciaram há 1 ano. As ordens judiciais foram expedidas pela Vara do Crime Organizado de Cuiabá.

Mercatore - Vem do Italiano e significa comerciante, mercancia, aquele que media e age como intercessor, traficante. (Colaborou Mylena Petrucelli)

 

 

Izabel Barrizon, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário