20/02/2012 - Presidiário é executado com golpes de armas artesanais na Mata Grande

O reeducando de Cuiabá Claudemar Vieira Souza, 29 anos, preso na Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis,  foi executado com vários golpes de armas artesanais (chulos) e o corpo foi jogado na quadra de banho de sol do raio 3 no domingo. 

A Polícia Civil ainda não sabe quais os motivos que levaram a execução do detento, já que atrás dos muros das penitenciárias, os presidiários têm suas próprias formas de resolver pendências. Claudemar cumpria pena por roubo.

Os agentes prisionais só descobriram o corpo por preso por volta das 18h30, após o fechamento das trancas às 17 horas. Como houve descaracterização do local do crime, recolhimento das testemunhas e suspeitos horas antes do assassinato, o trabalho da perícia foi prejudicado e pode atrapalhar as investigações. 

O caso será investigado pela Delegacia da Vila Operária.

 

De Rondonópolis - Débora Siqueira

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário