20/02/2016 - Índia dá luz a bebê prematuro em base da Rota do Oeste

20/02/2016 - Índia dá luz a bebê prematuro em base da Rota do Oeste

Um bebê indígena da etnia Kayabi nasceu na Base de Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da Concessionária Rota do Oeste, que fica no perímetro urbano de Sinop, na BR-163, às 19h50 desta quinta-feira (18). A mãe estava com 6,5 meses de gestação e o bebê nasceu com 1,3 kg. 

De acordo com a enfermeira socorrista da Rota do Oeste, Débora Ângela Nardino, a mãe, de 16 anos, chegou de avião ao aeroporto de Santa Carmem e seguia para Sinop em uma ambulância da prefeitura, acompanhada por uma técnica de enfermagem da Fundação Nacional do Índio (Funai). Com dores, a ambulância parou na base para solicitar apoio para o parto, que foi realizado pela equipe da Concessionária, formada por Débora e a técnica em enfermagem, Lilian Mendes.

Este foi o primeiro parto que Débora conduziu. Ela conta que quando chegou à ambulância, a mãe já estava em trabalho de parto. Havia uma preocupação com a saúde do bebê, por ser prematuro. “Foi uma experiência nova, porque era uma vida que estava sob minha responsabilidade. Na hora lembrei de tudo que tinha aprendido nos estágios e deu tudo certo. Quando ele chorou, a gente chorou junto”, lembra a socorrista, que está há um ano trabalhando na base.

A mãe e o bebê são da Aldeia Moitará, que fica no Parque Indígena do Xingu. Como nasceu prematura, a criança foi enviada à Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Santo Antônio de Sinop junto com a mãe por uma ambulância da Rota do Oeste. A unidade de saúde fica a apenas 15 minutos da base. “Quando a criança chegou lá, foi examinada pelo médico e passa bem”, comenta Débora.

 

 

 

Amanda Sampaio, da Rota do Oeste

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário