20/03/2014 - 'Cão leão' é vendido por R$ 4,4 milhões em evento na China

Um mastim tibetano foi vendido na China por quase dois milhões de dólares, uma das maiores quantias pagas por um cão no mundo, informa a imprensa chinesa.

 

 O comprador, um rico promotor imobiliário, pagou 12 milhões de yuanes (mais de R$ 4,4 milhões) para adquirir o animal de um ano de idade e 90 kg em uma exposição na província de Zhejiang, informa o jornal "Qianjiang".

 

Os mastins tibetanos são comparados frequentemente aos leões por sua impressionante semelhança. A raça passou a ser muito cobiçada pelos milionários chineses e virou símbolo de status social.

 

O preço dos animais disparou nos últimos anos.

 

"Têm sangue de leão e são a flor e a nata dos machos reprodutores na família dos mastins", afirmou o criador Zhang Gengyun ao jornal Qianjiang.

 

A raça, que em alguns casos pode ser agressiva, se adapta às condições climáticas extremas e à altitude. Tradicionalmente os mastins são muito apreciados pelos pastores nômades da Ásia Central.

 

Os proprietários os consideram bons cães de guarda e muito leais.

 

Da France Presse

 

 

Comentários

Data: 20/03/2014

De: EU

Assunto: REPORTER DO ARAGUAIA

VOSSA SENHORIA DEVERIA PUBLICAR MATERIAS DA NOSSA REGIAO COMO POR EXEMPLO;PREFEITO,SECRETÁRIA DE SAUDE E EDUCAÇAO,ENFIM DE TUDO,COMO ANDA A CIDADE...SUJA CHEIA DE BURACOS NAS ESTRADAS ASFALTO SÓ A POEIRA,HOSPITAL NOVO COM CARA DE VELHO,CHEGA NA FARMÁCIA BASICA ENCONTRA UMAS MÁS EDUCADAS QUE NÃO ATENDE OS PACIENTES PARECE QUE OS REM´DIOS SÃO PARA ELAS,NO HOSPITAL E POSTO DE SAÚDE DO MESMO JEITO,E ATENDIMENTO HEIN?FAÇA UMA MATÉRIA ,VÁ EM BUSCA DESSAS INFORMAÇOES E MOSTRE AO POVO O QUE ELES JÁ SABEM!!!

Novo comentário