20/05/2011 - 08h:15 Ministro recomenda a Silval não assumir Pronto-Socorro de Cuiabá

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, recomendou ao governador Silval Barbosa (PMDB) que não assuma a responsabilidade pela saúde pública do município de Cuiabá, principalmente no que se refere ao Estado precário de funcionamento do Pronto-Socorro Municipal.

Segundo o governador do Estado, o ministro defende que sejam estudadas outras alternativas pra garantir atendimento de qualidade. O encontro entre ambos ocorreu na tarde desta quinta-feira (19), em Brasília.

“O ministro entende que tem que haver parcerias. Ele sugere outra solução diferente desta de o Estado assumir o controle do Pronto Socorro”, salientou o governador após audiência com Padilha.

A agenda, que foi marcada de última hora, também serviu para o governador buscasse solução para outros assuntos considerados pendentes pelo Estado, como o convênio para as obras e aquisição de equipamentos para o hospital de Sinop.

Silval também lembrou Alexandre Padilha a respeito da necessidade de equipar o Hospital Metropolitano, além de garantir recursos para as duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em Cuiabá e uma em Várzea Grande.

“São demandas que o Estado de Mato Grosso precisa colocar em prática e que dependem de recursos do Ministério da Saúde”, concluiu o governador.

 

De Brasília - Vinicius Tavares

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário