20/05/2011 20h:12 Concurso Público: Governador autoriza realização de concurso para níveis médio e superior na Unemat

O governador Silval Barbosa assinou, na manhã desta sexta-feira (20.05), juntamente com o reitor da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Adriano Aparecido Silva, autorização para abertura do processo e realização do concurso público estadual para o ingresso de 199 servidores na Unemat. A solenidade de assinatura aconteceu no Gabinete do Governador no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. 

Silval Barbosa disse que “a preocupação da Gestão de seu governo é trabalhar com efetivos”. Ele lembrou que o Estado está cumprindo o chamamento do concurso realizado em 2009 e já chamou perto de oito mil dos dez mil aprovados. “A Unemat precisava, dentro de sua reestruturação, fazer o chamamento de mais 199 servidores através do concurso”, completou.

O governador destacou que o reitor, Adriano Silva junto a sua equipe técnica, mais os secretários Eliene Lima (Ciência e Tecnologia) e César Zilio (Administração), o vice-governador Chico Daltro, preparou o planejamento e somente depois disso foi possível lançar a autorização para o presente concurso.

Durante o ato de assinatura da autorização para o concurso, o governador Silval Barbosa voltou a cobrar os estudos por parte da direção da Unemat da viabilidade de se implantar o campus metropolitano para atender – não só a cobrança da classe política – uma região que tem mais de 1,2 milhão de habitantes.

“O foco da Unemat é interiorizar, fazer com que todas as cidades do interior tenham acesso aos cursos superior. Agora, nós não podemos esquecer as reivindicações aqui da baixada cuiabana e solicitei o estudo técnico para atender aqueles que não têm condições de entrar numa universidade particular ou mesmo na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso)”, destacou Silval Barbosa.

O como também lembrou da questão da criação do curso de Medicina, que é bastante cobrado pelos estudantes que desejam se formar médico. O governador lembra que o Estado já tem um hospital na cidade de Cáceres que pode servir de Hospital Universitário - uma das exigências do Ministério da Educação (MEC) para liberar a criação de novos cursos de Medicina.

O reitor Adriano Silva destacou a sensibilidade em atender essa reivindicação. “Não adianta avançar no corpo docente, com a qualificação dos professores, se há uma deficiência no copor técnico. Com esta ação vamos aumentar o número e melhorar o nosso quadro técnico”, disse. O reitor explicou que como a interessada é a Unemat, achou-se por bem ela não realizar o concurso. Vai se contratar uma empresa especializada, ou outra instituição, para a realização do certame.

Os campi da Unemat estão instalados nos municípios de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Juara, Luciara, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra. Em 2011, a Unemat tem 151 projetos de pesquisa em andamento e 110 projetos de extensão e cultura.

 

João Bosquo - Secom/MT