20/05/2015 - Tio é preso acusado de abusar de sobrinha durante um ano

Um homem de 31 anos foi preso acusado de estuprar a sobrinha de 14 anos, em uma propriedade rural na cidade de Pontes e Lacerda (280 km a Oeste da Capital).

A denúncia chegou até a Polícia Civil na semana passada, mas o crime ocorria há mais de um ano.

Conforme os policiais, a vítima era abusada desde os 13 anos, dentro da própria casa, em um sítio na zona rural, a cerca de 150 quilômetros da área urbana de Pontes e Lacerda.

O suspeito estava com a prisão preventiva decretada e foi localizado em uma fazenda onde trabalha como peão, na divisa com a Bolívia. 

O caso veio a tona, após a adolescente contar para uma professora, na escola rural, que sofria abusos reiterados pelo tio, cometidos sempre que a mãe saía de casa para trabalhar.

A professora acionou o Conselho Tutelar que, por sua vez, denunciou o crime na Delegacia da Polícia Civil. 

O delegado Gilson Silveira informou que rapidamente a menor foi ouvida, juntamente com a mãe, que disse desconfiar de algo estranho, pois certa vez viu o suspeito saindo do quarto da filha, mas acabou não levando o fato adiante, em razão da garota não revelar nada. 

A menor foi submetida a exame de corpo delito e a ordem de prisão decretada pela Justiça.

"Ele andava sondando a família e chegou a ameaçar a vítima e a mãe, depois que a Polícia Civil começou a investigar", disse o delegado.

"Ele estava se preparando para fugir. Uma das razões da aceleramos todos os procedimento para decretação da prisão", completou.

Os policiais acrescentaram que o suspeito tem dois filhos, uma menina de seis anos e um menino de nove anos, e morava com família próximo da casa da vítima.

Na Delegacia, ele negou os abusos e alegou que não sabe porque a menina o estaria acusando. O suspeito vai responder por estupro de vulnerável e ficará recolhido na Cadeia Pública da região.

 

 

Adilson Rosa 
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário